Scilla

“A cidadezinha citada por Homero”

Em 2016 em um concurso promovido pelo famoso programa turistico Kilimangiaro ficou em 8° lugar entre os mais lindos vilarejos de toda Itália. Ficou curioso? 

Leia tudo sobre esse vilarejo e coloque ele entre as tuas metas imperdíveis na Itália..

Scilla é uma das aldeias mais belas e características da Itália, destino de artistas em várias ocasiões e de diversas nacionalidades (além de ser um ponto turístico frequentadíssimo no verão). Scilla se estende por toda a costa da Calábria entre o mar Tirreno e as encostas de Aspromonte.



O fascínio do mar e a beleza do vilarejo de pescadores encantam milhares de visitantes. As origens deste município na província de Régio Calábria, que conta com mais de 5 mil habitantes, são antiquíssimas e tem a ver com mitologia, lendas e são mencionadas nos escritos de Homero. Seu nome significa provavelmente “scoglio”, que quer dizer “rocha”.


CURIOSIDADES: VOCÊ SABIA QUE EM 2017 O NEW YORK TIMES ELEGEU A CALÁBRIA COMO UM DOS 52 LUGARES IMPERDÍVEIS A SEREM VISITADOS NO MUNDO? FOI A ÚNICA REGIÃO ITALIANA ELEITA PELO NEW YORK TIMES EM 2017!E VOCÊ, VAI FICAR DE FORA?


As rochas das quais contornam a cidade tem um ar de mistério, devido ao entrelace de alguns mitos como aquele contado por Homero, que narra a passagem do navio de Ulisses entre a monstruosa Cila e o voraz Caríbdis. Cila é um monstro com sete cabeças e de seu ventre brotam cães furiosos. Ela fica escondida nas cavidades das rochas sobre o estreito, espiando as presas marinhas.

Scilla, a Veneza do Sul

Reza a lenda que Cila era uma linda ninfa, filha de Fórcis e Cráteis. Passava os dias no mar, brincando com outras ninfas e recusava todos seus pretendentes. Quando Glauco, o deus do mar, se apaixona por ela, ele vai até a feiticeira Circe para pedir uma poção de amor. Porém, Circe, por sua vez, se sente atraída por ele.


Faça da sua viagem para Calábria uma experiência única! Conheça a Calábria comigo e viva a cultura, a gastronomia e a história local com uma brasileira que ama esse território!

 


Desprezada por Glauco, ela ficou louca de ciúmes e transformou a rival, Cila, em um monstro com doze pés e seis cabeças, e de suas bocas saíam três fileiras de dentes.

Scilla, Chianalea Fonte Flick 1280 x 720

Segundo a lenda, ela trazia penduradas em seu estômago várias cabeças de cães raivosos que latiam e rosnavam ferozmente. Cila era imortal e a única maneira de se defender dela era pedindo ajuda à sua mãe, a ninfa do mar Cráteis. Ela foi então transformada em rocha, e foi nesta forma que Enéas a encontrou quando passava pelo estreito. Foi assim que pode ter sido originado o nome de Scilla (que significa rocha).

Scilla é uma charmosa cidadezinha tirrena, a flor dos olhos da Costa Viola. É uma das mais encantadoras de toda a Calábria, pela sua estratégica posição geográfica, com o Aspromonte que mergulha na imensidão azul, direto do estreito de Messina.

DSC_0676_tonemapped 1280 x 720

Um vilarejo de origens tão antigas, que se perdem nas brumas do tempo, um lugar encantador com seu antigo charme. Scilla conserva as antigas tradições, como a da pesca de peixe espada, praticada ainda hoje com as velhas embarcações, chamadas “Spadare o Luntre”.

Scilla, fonte pixbay3

Atrações no vilarejo

Scilla é um dos destinos mais visitados, onde se pode aproveitar o mar limpo e azul, além do calor e da acolhida dos habitantes do local. Também oferece atrações interessantes, como as tradicionais aldeias do Castello Ruffo localizadas no penhasco, dividindo as duas principais praias, de Marina Grande e Chianalea. O castelo pertencente à família Ruffo fica de frente para o mar e está na lista dentre os mais belos castelos normandos de toda a região da Calábria.


Se você deseja viajar para a Itália, siga o canal Viajado Para Itália no YouTube e descubra as melhores dicas para sua viagem ser inesquecível.


De dentro do castelo é possível admirar os grandiosos salões e uma considerável coleção de pinturas pertencentes à família que o fundou.

Outro lugar encantador é o característico bairro de pescadores Piana delle Galee, ou Chianalea, nome de uma antiga embarcação e sinônimo arcaico de peixe espada. O que o torna único são as habitações localizadas perto do mar, por causa disso é chamado “A Pequena Veneza do Sul”, afinal lembra muito Veneza pelas suas ruas estreitas e canais.

Scilla, fonte pixbay
Scilla, fonte pixbay

Especial também pelo modo em que as casas estão distribuídas: completamente repousadas sobre a água, em “Scaro Alaggio”, que oferecem docas aos barcos dos pescadores; do mesmo modo contribui para harmonia arquitetônica o Palácio Scategna.

Seguindo pelas vielas de Chianalea é possível observar antigas fontes e igrejas, dentre elas de certo a igreja de Nossa Senhora Imaculada merece ser visitada. Datada do período paleocristão, destruída mais de uma vez por terremotos e reconstruída nos anos ’70, a igreja Madre Santissima Immacolata di Scilla é conhecida também por “Mesa”. Isso porque ela está localizada no cruzamento das estradas que levam aos três principais distritos da cidade: Marina Grande, Chianalea e San Giorgio. Tudo isso sobre o olhar do austero Castelo Ruffo.

O território de Scilla se estende do mar às montanhas do Apenino calabrês, e tudo é recheado de antiguidade e mito. No território de Melia di Scilla, ao longo da estrada de acesso às fortalezas marinhas com as montanhas de Aspromonte, a cerca de 10 km do centro da cidade, estão localizadas as Grutas de Tremusa.

Scilla

Entre as castanheiras, aparece esse pedacinho de mar Plestocênico que restou de 5 mil anos atrás, quando essas montanhas ainda ficavam no fundo do mar. As cascas do Pecten, típicas em fundos marinhos rasos e quentes, são testemunhas remanescentes da vida antes da chegada do homem, agora recobrem as paredes da gruta. A ação ácida das nascentes, graças à presença de cálcio (decorrente das várias conchas presentes no solo), criou estas cavidades ricas em estalactites e estalagmites, muito especiais.

No verão, são inúmeros os grupos que organizam mergulho guiado. Para os apaixonados por essa prática não dá para perder, porque as águas são mesmo sem igual!

Conclusão

Se decidir fazer uma viagem para Calábria, você não pode deixar de passar por Scilla! Essa pequena aldeia encantadora da costa calabresa oferece uma vista extraordinária e um mar sensacional. Sem dúvidas, Chinalea é o bairro mais interessante. Se trata de um vilarejo de pescadores com vocação turística, mas que ainda vive da atividade da pesca, um lugar muito bem cuidado. O verão é com certeza o melhor período, a praia fica linda e o mar é quente e limpo. Dá para se hospedar nas várias pousadinhas espalhadas pela cidade, ou até alugar uma casa de frente para o mar!

Ao passear pelas emocionantes vielas de Scilla, no coração das cores e sabores do Mediterrâneo, é fácil encontrar pescadores que constroem embaixo de casa as redes de pesca (ou, ainda, aproveitam para fazer pequenos reparos nos barcos). O núcleo habitacional se estende até o mar, a ponto de a água quase entrar nas casas, que estão sempre sujeitas à força do impacto das ondas. As antigas fontes, espalhadas aqui e ali, as praças, as igrejas, cada uma com sua própria história, junto com as ondas que se quebram nas rochas, se tornan uma paisagem natural de grande beleza. As pedras empilhadas no mar, a ótima comida a base de peixe (principalmente de peixe espada) e tudo o que acompanha este vilarejo formam uma atmosfera especial.

Informações úteis

Castelo Ruffo de Scilla

O Castelo Ruffo de Scila fica aberto todos os dias das 8:30h às 19:30h, inclusive feriados.

Ingresso: € 1,50 para pessoas de 10 a 65 anos (gratuito para professores, crianças menores de 9 anos e idosos com mais de 65 anos).

Como Chegar  em Scilla?

Chegar em Scilla é simples. As possibilidades de transporte são várias, de trens e ônibus até avião e táxi!

De trem: Para quem está em Régio ou em Vila San Giovanni, há conexões com trens locais pelas respectivas estações ferroviárias para a estação de Scilla. A estação de Villa San Giovanni é a mais aconselhada. Todos os trens de longa distância diretos para Régio-Calábria ou Sicília fazem parada em Villa San Giovanni.

De carro: Estrada A3 (Salerno-Reggio Calabria), saída Scilla.

De avião: É possível fazer escala em Régio-Calábria (aconselhado) ou em Lametia Terne.

 

E bom passeio!!


MINHA SUPER DICA: Para fecharmos esse post é com imenso orgulho e prazer que quero apresentar a vocês o nosso e-book! Escrito e organizado por mim, é seu guia definitivo (e imperdivel) para viajar para a Calábria com toda tranquilidade que você merece. Estar em um país distante não é fácil, por isso, com esse e-book, sua viagem vai ficar muito mais serena! Nele você encontrará dicas, sugestões, idéias, melhores lugares para comer, se divertir,  itinerários e muito mais! Clique no banner e compre o seu e-book agora mesmo! Somente 4,99 euros! (menos de um café da manhã em um bar na Itália, imperdivel, verdade?)

Capa e-book Viajando para a Calábria
QUER VIAJAR PARA A CALÁBRIA? Receba todas as dicas que você precisa para curtir ao máximo sua viagem! 117 páginas de informações de quem conhece a Calábria como ninguém! Somente 4,99 euros.!

 


Não deixe de ler:

Como Chegar e como se locomover na Calabria?


Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Calabria

Seguro Viagem Para Italia Viajando Para Italia Aluguel de Carro na Italia Viajando Para Italia Onde Ficar na Italia Viajando Para Italia
O Seguro Viagem é obrigatório e mais barato do que você imagina. Ainda mais com nosso bônus. Quer viajar pela Itália de carro mas não sabe onde alugar um? Nós temos a solução para seu problema. Garanta sua hospedagem em site confiável e renomado, sem sustos em sua viagem.

 

Mala Levar Vinho da Italia para Brasil Viajando para Italia Consultoria Para Viagem Para Italia Viajando para Italia
Passeios em Grupo em toda a Itália e com Compra de Bilhetes antecipada economizando tempo e dinheiro. Que tal uma mala para você levar os melhores vinhos italianos para sua casa no Brasil? Conheça mais essa facilidade. A sua Viagem dos Sonhos para a Itália pede um serviço diferenciado, com excelência e dentro do seu orçamento.

Os Melhores Conteúdos do Viajando Para Calabria

  1. Conheça todos os nossos passeios na Calábria agora mesmo!
  2. Itinerário na Calábria de 3 dias?
  3. Itinerário na Calábria de 6 dias?
  4. Itinererário de enogastronomia na Calábria! Sensacional!
  5. Quais são os 10 lugares que você precisa conhecer na Calábria?
  6. Bate e volta a partir de Cosenza? O que fazer perto de Cosenza?
  7. Bate e volta a partir de Reggio? O que fazer perto de Reggio Calabria?
  8. Por que visitar Tropéia na Calabria?
  9. Vamos conhecer Réggio?
  10. Vamos conhecer Cosença?
  11. Qual é o melhor periodo para viajar para Calábria?
  12. Viajando de carro na Calábria. Veja agora esse fantástico post!
  13. Conhecendo os burgos mais belos da Calábria. Veja agora!
  14. Turismo na Calabria. Veja agora!
  15. Os 9 burgos mais belos da Calábria. Veja agora!
  16. Quais são as 10 praias imperdiveis da Calábria?
  17. Como encontrar os parentes calabreses?

Veja todos os nossos posts sobre a Calábria!

Grande abraço da Calábria

Ana Patricia

Escrito por

Sou Ana Patricia, ítalo-brasileira, vivo há 14 anos na Itália, formada em Biblioteconomia na Universidade Estadual Londrina-UEL em Londrina-PR, em Scienze del turismo pela Universidade da Calábria, com um master em Turismo Cultural pela Fondação Garrone, parceira da Universidade de Catânia em Sicília, além de ser a única guia de turismo em língua portuguesa da Calábria, possuo também a habilitação de acompanhante turístico na Europa e sou a idealizadora/fundadora do Touristico - Consultoria Italia Brasil. Desde 2012 trabalho com a valorização e a promoção do território italiano de modo geral e desde (2015) de modo mais especifico e concreto, promovo essa região maravilhosa, mas ainda pouco conhecida pelos brasileiros: a Calábria! O nosso site dará informações sobre a Calábria turística e a Calábria menos turística e por isso mais autêntica, aquela feita pelos burgos medievais! Essa região possui muitas aldeias medievais incorporadas entre rochas, muitas vezes construídas com vista para o mar, para se proteger contra as invasões sarracenas ou em agradáveis cantos panorâmicos onde a vida ainda acontece de acordo com o ritmo de cada estação do ano. Venha conhecer a Calábria comigo!!! Essa região te surpreenderá! Ana Patricia Guia de turismo na Calábria

Deixe um comentário