Tag

O que conhecer na Calábria

Browsing

Quais são os 10 lugares imperdíveis da Calábria?

O que conhecer na Calábria?

Quando se fala do turismo, a Calábria passa sempre em segundo lugar, porém mesmo assim conserva tesouros maravilhosos e pouco conhecidos por quem vem de fora. Certo que as infraestruturas são ainda insuficientes, mas a ponta da bota merece ser visitado em cada período do ano.


CURIOSIDADES: VOCÊ SABIA QUE EM 2017 O NEW YORK TIMES ELEGEU A CALÁBRIA COMO UM DOS 52 LUGARES IMPERDÍVEIS A SEREM VISITADOS NO MUNDO? FOI A ÚNICA REGIÃO ITALIANA ELEITA PELO NEW YORK TIMES EM 2017!E VOCÊ, VAI FICAR DE FORA?


A Calábria é a ponta da Bota formada por uma região rica de historia e de tradições, mas também de localidades turísticas e de ambientes naturais particularmente belos e característicos. Banhada pelas esplêndidas águas do mar Jônico e do mar Tirreno, é separada da Sicília pelo Estreito de Messina.


POR QUE VISITAR A CALÁBRIA?


O clima acolhedor, as esplêndidas cores do mar, as costas rochosas alternadas por litorais arenosos, a sua natureza selvagem e misteriosa, os sabores intensos e genuínos da cozinha local e as testemunhas das suas antigas origens rendem a Calábria um lugar único.


Faça da sua viagem para Calábria uma experiência única! Conheça a Calábria comigo e viva a cultura, a gastronomia e a história local com uma brasileira que ama esse território!


 

Agora que elencamos um tipo de lista, citaremos dez lugares para se conhecer nessa maravilhosa tira de terra.

Sabemos que as classificas não contentam todos, em todo o caso peguem essas ideias como um convite para adicionar outros lugares, outras experiências nesse território lindo e condenado.


Vamos conhecer a nossa Calábria?


Estão prontos para partir e conhecer os dez lugares maravilhosos dessa espetacular terra?

Iniciamos descrevendo esses lugares mágicos, entre arte e aldeias únicas, à descoberta de uma região linda: a Calábria.

TROPÉIA

Quando se vem à Calábria tem dois lugares que é impossível não visitar ou fotografar, me refiro a Tropea e Chianalea di Scilla. São duas cidadezinhas cenográficas impossíveis de não imortalizar em imagens e recordações.

A Calábria se orgulha das vistas paisagísticas únicas no mundo e Tropea representa sem dúvida a coluna que carrega as belezas naturais que o Sul nos presenteia.



Em Tropea não se fica fascinado somente pelo belo mar que a circunda, mas também pelo seu centro histórico rico de palácios senhoris antigos e daquele típico estilo arquitetônico de 1700 que aprisiona entre os seus muros os viajantes que ficam literalmente raptos das duas típicas ruas que acabam em cada estreito beco da cidade. A poucos passos do centro histórico se mostra um maravilhoso porto turístico cercado de piers e barcos. Também o Santuario Beneditino de origem alto-medieval, aninhado sobre uma rocha com vista para o mar, representa o emblema representativo da cidade.

Tropea é uma sucessão de ruas estreitas, becos e ângulos panorâmicos: depois uma volta entre a Catedral, os santuários e os palácios nobres, e devemos fazer um passeio ao longo das praias de areia branca e o sabor da famosa, cebola doce.

PS: Visitando Tropéia, não deixe de ir conhecer Pizzo que é maravilhosa e está bem do ladinho! E o famoso Promontório de Capo Vaticano.
SCILLA, A VENEZA DO SUL

E o que dizer da esplêndida Chianalea di Scilla. É um lugar lendário, às portas de Reggio Calabria, onde tem ainda espaço para o eco do mítico monstro que atacavam o navio de Ulisses. Lendas à parte, o lado calabrês do estreito apresenta um maravilhoso panorama, onde rochas com vista para o mar, ondas que se esbatem nas rochas e as belíssimas aldeias de Scilla e Chianalea é uma fração de Scilla e é considerado uma das aldeias mais bonitas da Itália. A cidadezinha é chamada também de Veneza do Sul, pelas suas espetaculares casas construídas diretamente nas rochas acanto às águas e separadas por pequenas ruas que lembram os canais da lagoa.



É uma antiga aldeia marítima, onde o mar sempre toca as casas dos pescadores, por isso é chama de “Pequena Veneza”. As antigas casas são separadas uma da outra por pequenas travessas que descem até o mar. Visitar Chianalea significa se perder na magia dos aromas e sabores provenientes das cozinhas dos pitorescos restaurantes onde o gosto voluptuoso da cozinha tradicional é capaz de mudar a sorte do dia. A atividade principal é a pesca e por isso é fácil ver os pescadores que trabalham as redes.


Se você deseja viajar para a Itália, siga o canal Viajado Para Itália no YouTube e descubra as melhores dicas para sua viagem ser inesquecível.


RIVIERA DEI CEDRI

La Riviera Dei Cedri, é chamado assim o pedaço de costa tirrenica da Calábria, onde são cultivados os perfumados cítricos que constituem o orgulho da região no mundo. A costa, com seus oitenta quilômetros de praias e penhascos, oferece muitos motivos para visita-la. Existem varios passeios diponiveis, mas também muitas cidadezinhas para visitar, santuários aninhados na rocha, pelas tradições religiosas que se perdem na noite dos tempos. Uma volta por essas partes é a ocasião onde se vê uma divisão da Itália autêntica, onde as tradições são sentidas e respeitadas como poucas outras partes na Itália.



COMO ENCONTRAR OS PARENTES CALABRESES?


Entre as cidadezinhas que merecem ser notadas destacamos: Aieta de origem bizantina, esta além da esplêndida vista do golfo de Policastro oferece importantes testemunhas histórico-religiosas como a capela de San Nicola e a igreja de Santa Maria della Visitazione. Depois tem a Praia a Mare, com a sua espetacular ilha de Dino, onde se mergulha em um dos mares mais bonitos da Calábria. Como não citar a cidadezinha de Paola, com São Francisco, padroeiro da Calábria, que em 1453 fundou o santuário, ainda hoje um lugar de solidariedade e fé, imponente complexo que deve ser visitado, absolutamente. E por ultimo precisamos citar uma esplêndida aldeia com vista para o mar, Scalea, conhecida pelas suas esplêndidas igrejas, como a de San Nicola in Plateis, além do seu mar.

COSENZA

Cosença é uma bela cidade da Calábria e ainda localizada em um território habitado pelo antigo povo enótrio e frequentado pelos romanos, as suas origens remontam ao período em que quase os bretti decidiram fundar a sua capital no sopé do planalto silano.


SAIBA TUDO SOBRE COSENZA


Cosença, chamada de Atenas da Calábria, tem uma posição privilegiada com respeito a outras capitais da Calábria por ser, apesar dos muitos problemas que a investem, a mais habitável. Está situada em uma moldura natural de colinas. no Vale do Crati, na confluência do rio Busento, o qual divide a parte moderna da cidade a partir das antigas que surge sobre as encostas dos montes Pancrazio.



Não existe época ruim para visita-la visto que o seu clima tipicamente mediterrâneo e as suas belezas artísticas, históricas e culturais dão sempre os bens-vindos aos turistas!

Abraçando o leste da Sila, a oeste pela serra do mar ao norte pelo Maciço de Pollino e ao Sul das colinas do Savuto, este vale é o lugar ideal para alcançar as diversas metas da província, em menos de uma hora de carro pelo Mar Jônico e Tirreno, e pelas montanhas de Sila e Pollino, a cidade dos habitantes de Bruzia, com os seus 2.500 anos de história, é uma meta imperdível para reviver a história de Alarico, a vida de Frederico II da Suábia (Estupor Mundi), a Catedral, o Castelo Suevo e todo o seu centro.

Não é apenas a história, a cultura e a arte que torna esta cidade atraente, mas também a gastronomia, as tradições, a hospitalidade e os esplêndidos cenários que não o deixarão se esquecer deste lugar.

PENTEDATTILO

A cidade empoleirada de Pentadattilo – Reggio Calabria

Em Pentadattilo, depois, uma fração de Melito Porto Salvo, na província de Reggio Calabria, a historia começou muito cedo, em 600 a.C., graças também a sua posição estratégica. A aldeia é empoleirada no penhasco do Monte Calvario e aninhada na rocha.



A sua forma lembra a mão ciclope com cinco dedos (daí o nome de Pentadattilo) e as suas ruas foram teatro do “massacre dos Alberti” uma rixa entre duas nobres famílias locais. Hoje, é um lugar fascinante e pleno de mistério, a população se mudou, fazendo da aldeia um lugar fantasma. Italo Calvino disse que “o seu passado foi escrito nas ruas”, eu sugiro de pegar o carro e dar uma volta.

SANTA SEVERINA

Não são muitos que conhecem outro espetacular lugar, Santa Severina, cidade calabresa na província de Crotone chamado “o navio de pedra”, que com o seu batistério, o castelo e a catedral representa talvez a mais importante prova bizantina na Calabria.

Em 2015 em um concurso promovido pelo famoso programa turistico Kilimangiaro ficou em 3° lugar entre os mais lindos vilarejos de toda Itália. Ficou curioso? 



Santa Severina é uma antiga aldeia medieval, situada no centro da província de Crotone, na metade da estrada entre o mar Jônico e os montes da Sila. A cidadezinha surge sobre um penhasco ao centro de um vasto vale que o faz parecer como um grande navio de pedra. Além de ser um lugar histórico de particular interesse, Santa Severina, que sobe de uma projeção rochosa, é também uma das aldeias medievais mais bonitas de toda a Itália, será surpreendente parar para uma visita, quem sabe acompanhada por um café frio ou um brioche com sorvete. Além disso, Santa Severina ganhou um concurso onde é considerada a terceira aldeia mais linda da Itália, não é uma razão especial para visita-la?

GAMBARIE

Quando se fala da Calábria se pensa automaticamente no mar. O fato de poder esquiar na região, deixa sempre todos atônitos e mesmo assim as condições da neve são, grande parte das vezes, melhores que em outras localidades alpinas. E ainda com a possibilidade de em dias límpidos poder pegar a raquete e ir ao fundo ver o mar. É uma emoção que não tem preço.



Na Calábria se esquia sobre o Pollino, Sila e Aspromonte, por exemplo, Gambarie, pode considerar a mais importante localidade Montana da província de Reggio Calabria e entre as mais importantes do sul.

A paisagem é realmente espetacular, com florestas de faias centenárias, córregos cristalinos e montanhas silenciosas. Dois teleféricos modernos levam os turistas e esquiadores aos picos do Monte Scirocco e Monte Nardello. Quando retornar à cidade, você pode degustar tantos pratos típicos a base de cogumelos, queijo, ricota e carne, tudo proveniente das fazendas locais.

REGGIO CALÁBRIA

Reggio Calabria

A cidade calabresa mais bonita, seja do ponto de vista histórico, arquitetônico que natural, é Reggio Calabria, conhecida em toda a Itália pelo espetacular beira-mar, pelo seu famoso Corso Garibaldi, repleta de lojas da moda, bar e restaurantes e pelo maravilhoso panorama que oferece aos turistas, uma paisagem única.



Essa bela cidade é conhecida também por abrigar os famosos bronzes de Riace, conservados no Museu Arqueológico de Reggio Calabria. A cidade está aninhada em uma esplêndida posição no Stretto di Messina, com uma magnífica beira-mar cantada por poetas e escritores. Gabriele D’Annunzio o definiu como “o mais lindo quilômetro da Itália”. Se trata, de fato, de uma feliz união de plantas específicas e muito bonitas, de monumentos e de palácios e vilas de estilos posteriores e art nouveau clássico em um fundo de raro fascínio.

PARQUE NACIONAL DO POLLINO

Como não visitar o Parque Nacional do Pollino, o cenário é majestoso, dominado por particulares contornos di pino loricato, árvore de incrível beleza, quasse um “monumento” vegetal.



O parque nacional do Pollino, localizado entre a Calábria e a Basilicata é um dos maiores parques da Europa e talvez uma das últimas áreas de natureza selvagem do continente. Experimente passear em uma dessas reservas da parte da Calábria: o vale do rio Lao, os desfiladeiros do Raganello, o vale do rio Argentino e a do Rubbio. Vale realmente a pena.

O canyon de Raganello é realmente cenográfico, em outros países seria famoso tanto quanto qualquer canyon americano. A conformação do Pollino levou ao desenvolvimento de numerosos esportes ligados à água, como por exemplo, nos desfiladeiros do rio Lao, onde se pratica o rafting, um esporte de aventura, mas realmente fascinante, ou nas do Raganello, onde se pratica o canoinismo, tudo isso se pode fazer no verão, mas também nas meias estações, são experiências convincentes e especiais.

STILO

A esse ponto é obrigatória uma visita à Catolica, em Stilo, uma pequena igreja bizantina planificada centralmente em forma quadrada que fica no sopé do Monte Consollino em Stilo, na província de Reggio Calabria, um tesouro calabrês visitado todos os anos por milhares de turistas italianos e estrangeiros.

Stilo é um dos destinos mais lindos e interessantes para história e arte que se orgulha a Calabria, pertencente às aldeias bizantinas, é a cidade de Tommaso Campanella e dessa jóia da arte bizantina que é a Cattolica, obra de arte da Calábria meridional.



A posição onde surge Stilo é já um grande espetáculo. A antiga aldeia é, de fato, disposto em camadas sobre pedra calcária, sobre uma colina de oliveiras e videiras.

Você acha que terminou os lugares que valem a pena conhecer? Poderei fazer uma lista tranquilamente dos 20 lugares imperdiveis para conhecer na Calábria.. e vai ser o nosso próximo post:)

Conheça agora um dos meus lugares preferidos..



Conclusões

Imaginem um lugar de incomparável beleza, onde o tempo parece ter parado e onde a beleza do mar e dos pores do sol do verão esquentarão o desejo das férias ideais? Se esse é o teu desejo, não resta que vir para a esplêndida terra da Calábria, terra de cultura, história, costumes, sabores tupicos, não somente como turista, mas como hóspede.


MAIS UM POUCO DAS BELEZAS DA CALÁBRIA


 

 

E bom passeio!!


MINHA SUPER DICA: Para fecharmos esse post é com imenso orgulho e prazer que quero apresentar a vocês o nosso e-book! Escrito e organizado por mim, é seu guia definitivo (e imperdivel) para viajar para a Calábria com toda tranquilidade que você merece. Estar em um país distante não é fácil, por isso, com esse e-book, sua viagem vai ficar muito mais serena! Nele você encontrará dicas, sugestões, idéias, melhores lugares para comer, se divertir,  itinerários e muito mais! Clique no banner e compre o seu e-book agora mesmo! Somente 4,99 euros! (menos de um café da manhã em um bar na Itália, imperdivel, verdade?)

Capa e-book Viajando para a Calábria
QUER VIAJAR PARA A CALÁBRIA? Receba todas as dicas que você precisa para curtir ao máximo sua viagem! 117 páginas de informações de quem conhece a Calábria como ninguém! Somente 4,99 euros.!

 


Não deixe de ler:

Como Chegar e como se locomover na Calabria?


Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Calabria

Seguro Viagem Para Italia Viajando Para Italia Aluguel de Carro na Italia Viajando Para Italia Onde Ficar na Italia Viajando Para Italia
O Seguro Viagem é obrigatório e mais barato do que você imagina. Ainda mais com nosso bônus. Quer viajar pela Itália de carro mas não sabe onde alugar um? Nós temos a solução para seu problema. Garanta sua hospedagem em site confiável e renomado, sem sustos em sua viagem.

 

Mala Levar Vinho da Italia para Brasil Viajando para Italia Consultoria Para Viagem Para Italia Viajando para Italia
Passeios em Grupo em toda a Itália e com Compra de Bilhetes antecipada economizando tempo e dinheiro. Que tal uma mala para você levar os melhores vinhos italianos para sua casa no Brasil? Conheça mais essa facilidade. A sua Viagem dos Sonhos para a Itália pede um serviço diferenciado, com excelência e dentro do seu orçamento.

Os Melhores Conteúdos do Viajando Para Calabria

  1. Conheça todos os nossos passeios na Calábria agora mesmo!
  2. Itinerário na Calábria de 3 dias?
  3. Itinerário na Calábria de 6 dias?
  4. Itinererário de enogastronomia na Calábria! Sensacional!
  5. Quais são os 10 lugares que você precisa conhecer na Calábria?
  6. Bate e volta a partir de Cosenza? O que fazer perto de Cosenza?
  7. Bate e volta a partir de Reggio? O que fazer perto de Reggio Calabria?
  8. Por que visitar Tropéia na Calabria?
  9. Vamos conhecer Réggio?
  10. Vamos conhecer Cosença?
  11. Qual é o melhor periodo para viajar para Calábria?
  12. Viajando de carro na Calábria. Veja agora esse fantástico post!
  13. Conhecendo os burgos mais belos da Calábria. Veja agora!
  14. Turismo na Calabria. Veja agora!
  15. Os 9 burgos mais belos da Calábria. Veja agora!
  16. Quais são as 10 praias imperdiveis da Calábria?
  17. Como encontrar os parentes calabreses?

Veja todos os nossos posts sobre a Calábria!

Grande abraço da Calábria

Ana Patricia

Viajar de carro na Calábria?

Itinerário de carro na Calábria? O que conhecer na Calábria?

Olá! No mês passado participei na revista Mala para Dois com o meu primeiro post: “Uma viagem segura, conselhos para quem vai pela primeira vez”. Itália!! E a partir desse mês estarei inaugurando uma nova seção: Viagem de carro na Itália: … portanto a cada mês estarei escrevendo e dando um exemplo de um tour de carro em uma região Itália. Gostaram da idéia? Então não deixem de me seguir!!


QUAIS SÃO OS DEZ LUGARES IMPERDÍVEIS DA CALÁBRIA?


Cada região na Itália é repleta de belezas, por isso se você já esteve na Itália e visitou o clássico turismo feito pelas cidades de arte como Roma, Nápoles, Capri, Florença, Siena, Verona, Veneza e Milão, aproveite para se inspirar com o meus artigos!! Tenho certeza que farei se apaixonar por esse país maravilhoso!


Vamos conhecer a nossa Calábria?


Leia o nosso post do mês de Julho Pequenos conselhos para quem vai pela primeira vez para a Itália!! e conheça a comunidade de Mala para Dois!

Neste mês irei inaugurar a primeira sessão (obviamente) com a minha região, a Calábria. Vamos lá?

 


CURIOSIDADES: VOCÊ SABIA QUE EM 2017 O NEW YORK TIMES ELEGEU A CALÁBRIA COMO UM DOS 52 LUGARES IMPERDÍVEIS A SEREM VISITADOS NO MUNDO? FOI A ÚNICA REGIÃO ITALIANA ELEITA PELO NEW YORK TIMES EM 2017!E VOCÊ, VAI FICAR DE FORA?


Viajando de carro na Itália: a Calábria!

Existem regiões na Itália que são muito difíceis de conhecer com o transporte público (trens e ônibus) e que para conhece-las é necessário realmente ter um carro, a Calábria, é uma dessas regiões, com um carro você poderá visitar os burgos que estão perdidos entre as montanhas, assim como poderá descobrir as belezas naturais dessa região, praticamente intocada pelo turismo tradicional.

Capo Vaticano. Fonte Roseli Bertarelli
Fonte Roseli Bertarelli

Infelizmente poucos brasileiros estiveram na Calábria e isso acontece devido a geografia local que acaba dificultando um pouco a locomoção nessa região e por falta de informações na web em língua portuguesa (não deixe de conhecer o meu blog que está tentando melhorar essa situação), além disso, a política de promoção do território é ainda pouco presente no mercado brasileiro, mas principalmente porque os brasileiros quando vêm na Itália têm pouco tempo a disposição (entre 7 a 15 dias) e acabam priorizando conhecer as regiões mais famosas turisticamente como o Vêneto, Lombardia, Ligúria, Toscana, Sicília, Campânia, e obviamente o Lácio com a cidade eterna “Roma”.


COMO CHEGAR NA CALÁBRIA?


San NIcola Arcellla. Fonte Flick.
San NIcola Arcellla. Fonte Flick.

Essa região faz parte do sul da península e possui um território montanhoso entre o Mar Adriático e o Mar Tirreno; as suas maravilhosas praias são destinos turísticos populares não somente para os italianos mais para os europeus de modo geral; apesar de a região priorizar a promoção das suas localidades marítimas, em minha opinião o que vale mais a pena conhecer é o seu patrimônio de aldeias medievais incorporadas entre rochas, tantas vezes construídas com vista para o mar, para se proteger contra as invasões dos piratas, ou em lugares nas montanhas onde a vida ainda acontece de acordo com os ritmos das estações do ano, por isso visitar a Calábria significa conhecer o que ainda existe de mais autêntico no povo italiano!!


POR QUE VISITAR A CALÁBRIA?


Santa Severina11. Fotografo Roberto Arcuri
Santa Severina11. Fotografo Roberto Arcuri

Não posso deixar de lembrar que a Calábria, como todo o sul da Itália, foi povoada por diferentes povos: os gregos (povo que denominou essa região como Magna Grécia, ou seja terra mais importante que a terra de origem), os romanos, os bizantinos, normandos, suábios, angevinos e aragoneses. E é exatamente por isso que essa terra é tão diversificada e em cada parte do território calabrês encontraremos uma herança cultural e artística diferente!

Em relação a tudo o que pode ser visitado te aconselho a ir nos vários links para aprofundamento sobre as várias localidades, ok?

Vamos lá?

 


Faça da sua viagem para Calábria uma experiência única! Conheça a Calábria comigo e viva a cultura, a gastronomia e a história local com uma brasileira que ama esse território!

 


Estarei escrevendo um itinerário de 8 dias passando pelos burgos mais importantes e belos da Calábria, entre estes os burgos que fazem parte da associação o “Club dei Borghi piú belli d Itália”, que hoje é composto por 217 burgos em toda Itália, desses 217 dez estão localizados na Calábria, assim como pelas metas turísticas marítimas/religiosas/arqueológicas mais importantes.

roccella-jonica. Fonte Max Pugliese
roccella-jonica. Fonte Max Pugliese

Em média, este itinerário tem um mínimo de 60 quilômetros e um máximo de 240 quilômetros por dia de acordo com onde você escolhe para dormir, eu te aconselho a faze-lo em forma de itinerário itinerante, ou seja dormindo cada noite em uma localidade diferente; eu sei que não é uma ótima coisa abrir e desabrir as malas, mas acho que vale a pena estar sempre o mais perto possível das zonas a ser visitadas de modo que a tour seja menos cansativo. Basicamente estaremos fazendo um giro completo da Calábria, começando e terminando em Reggio Calabria.


COMO ENCONTRAR OS PARENTES CALABRESES?


Independentemente de onde você chegará, Paola, Reggio Calabria ou Lamezia terme, você irá alugar o teu carro e partir para o primeiro dia de tour, que começará em Reggio.

Tropea na Calabria. Fonte Flick
Tropea na Calabria. Fonte Flick
1º DIA – Reggio, Scilla e pentedatillo / 60 quilômetros

Começaremos o nosso tour visitando o museu de Reggio Calabria para conhecer as famosas estátuas Bronzi di Riace, duas magníficas obras de arte, datadas por volta do século V a.C., exemplos de antiga escultura grega, pertencentes ao período transitório entre a escultura grega arcaica e o antigo estilo clássico, exemplares únicos ao mundo, aconselho também uma breve visita a Catedral da cidade. Prosseguimento para visita do nosso primeiro burgo, Pentadatilo: esse burgo foi abandonado na década de sessenta do século XX, o que fascina nesse burgo é o mistério do lugar, conhecido como um dos burgos fantasma da Itália. Quer saber o porque? Vá conhece-lo! A sua excepcional beleza cênica também te deixará de bocas abertas. Por último, terminaremos o dia visitando Scilla (um dos burgos mais belos da Itália), conhecida como a “Veneza do Sul”, pelo modo como as casas se “apóiam” ao mar. Não deixe de ir visitar o Castelo e de jantar um prato típico feito com peixe espada!! Aconselho pernoite em um b&b em Scilla ou em um hotel em Reggio Calabria.

Scilla, a Veneza do Sul
Scilla, a Veneza do Sul
2º DIA – Bova, Gerace e Stilo / 207 quilômetros

Hoje visitaremos Bova (um dos burgos mais belos da Itália), capital da área grecânica, onde ainda hoje falam um dialeto derivado do grego e onde se mantém tradições do Oriente. Em seguida continuação para Gerace (um dos burgos mais belos da Itália), visita da cidade normanda por excelência, não deixe de visitar a famosa Catedral de Gerace, umas das mais importantes da Calábria.

Católica de Stilo - Foto com a cliente Natalia
Católica de Stilo – Foto com a cliente Natalia

Continuação para Stilo (um dos burgos mais belos da Itália), que certamente preserva a jóia arquitetônica mais importante de toda a Calábria, a Cattolica, pequeno templo bizantino, datado do século IX dC. com planta quadrada e cruz grega.

Aconselho pernoite em um b&b ou agriturismo na zona de Stilo.

3º DIA – Squillace, Le Castelle e Santa Severina / 170 quilômetros

A programação de hoje prevê diversas paradas, primeiro passaremos pelo parque Arqueológico de Squillace, visita do parque e dos restos arqueológicos da maravilhosa Basílica de Santa Maria della Roccella. Prosseguimento para visita do Castelo dentro do mar em Le Castelle, perto de Capo Rizzuto, não deixe de parar para fazer fotos do maravilhoso litoral.

Le Castella from Calabria-Italy
Le Castella from Calabria-Italy

Continuação da viagem para Santa Severina (um dos burgos mais belos da Itália), e que sou totalmente apaixonada, conhecida como o “navio de pedra” não deixe de visitar o Batistério, uma das principais obras deixadas pelos bizantinos ao território e o o seu Castelo que é considerado um dos mais belos do sul da Itália, totalmente restaurado, revelam 1200 anos de história!!

Santa Severina. Fonte Alessandro Marengo Flick
Santa Severina. Fonte Alessandro Marengo Flick

Aconselho pernoite em um agriturismo na zona de Santa Severina.

4º DIA – Rossano, Corigliano e Sibari / 140 quilômetros

Hoje visitaremos Rossano com o seu centro histórico com a importante igreja de San Marco, uma das mais obras bizantinas mais importantes da Calábria junto com a Cattolica de Stilo. Prosseguimento para Corigliano onde visitaremos o centro histórico e o seu maravilhoso Castelo totalmente restaurado onde você vai se deslumbrar com uma maravilhosa vista panorâmica. E por último pararemos em Sibari, uma das cidades mais importante do período grego, onde visitaremos o museu arqueológico que contará a história dessa civilização maravilhosa e única!

panoramica_rossano_Foto de Michele Abastante
panoramica_rossano_Foto de Michele Abastante

Aconselho pernoite em um agriturismo ou em um hotel na zona de Sibari

5º DIA – Civita, Morano Calalabro e Aieta / 125 quilômetro

Hoje visitaremos Civita (um dos burgos mais belos da Itália), burgo de origem “Arbëreshë” fundada no século XV, graças à populações albanesas que fugiam das perseguições dos turcos, prosseguimento para Morano Calabro (um dos burgos mais belos da Itália), a delicada união de arte e de beleza natural faz desse burgo um dos mais belos do Sul da Itália. Continuação para Aieta (um dos burgos mais belos da Itália), com visita do seu centro histórico que ainda conserva traços indeléveis do seu passado glorioso.

Italy, Calabria, Morano Calabro
Italy, Calabria, Morano Calabro

Aconselho pernoite em um agriturismo ou em um hotel na zona de Aieta

6º DIA – Isola Dino, San Nicola Arcella, Cirella, Diamante e Paola / 90 quilômetros

Hoje conheceremos algumas das localidades mais importantes e belas do litoral calabrês, como a Isola de Dino, San Nicola Arcella. Não deixe de conhecer o famoso Arco Magno, Diamante com o seu gracioso centro histórico e por fim, como última etapa do dia visitaremos o Santuário de Santo Francesco em Paola.

Isola di dino in Calabria, Fonte Salvatore. Flick
Isola di dino in Calabria, Fonte Salvatore. Flick

Aconselho pernoite em um agriturismo ou em um hotel na zona de Paola

7º DIA – Fiumefreddo, Altomonte e Cosenza / 172 quilômetros

Depois do café da manhã partiremos para visita do burgo, Fiumefreddo (um dos burgos mais belos da Itália), antigo vilarejo medieval, protegido por muros com pequenos becos, ruínas e torres. O panorama em torno ao burgo é de uma beleza inestimável. Continuaremos nossa viagem para Altomonte (um dos burgos mais belos da Itália), localizado ao pé do Parque Nacional do Pollino, visita a sua antiga Igreja, que testemunha sua longa e fascinante história.

Filmefreddo Bruzio
Filmefreddo Bruzio

E por fim para completar o dia, chegaremos em Cosenza, uma das cidades mais importantes da Calábria, visita do seu centro histórico, incluindo o famoso Duomo com reconhecimento da Unesco, o castelo recentemente restaurado e sobrando tempo visita ao museu degli Enoltri, onde você poderá conhecer a história da região passando por todas as etapas históricas.

Cosenza. Foto di Mauro Cacciola. Fonte Flick
Cosenza. Foto di Mauro Cacciola. Fonte Flick

Aconselho pernoite em um hotel em Cosenza

8º DIA – Pizzo, Tropea, Capo Vaticano, Palmi e o promontário de Sant Elia / Reggio Calabria 231 quilômetros

Terminaremos o nosso tour visitando um dos litorais mais belos da Calábria (e da Itália) passando por Pizzo onde visitaremos o seu castelo e degustaremos o famoso sorvete “tartuffo”e depois prosseguiremos para Tropea, conhecida como a Pérola da Calábria, Capo Vaticano com um mar maravilhoso e passaremos pelo promontório de Sant´Elia onde faremos maravilhosas fotos panorâmicas do Litoral Calabrês. Enfim retorno para Reggio Calabria


MAIS UM POUCO DAS BELEZAS DA CALÁBRIA


Aconselho pernoite na zona de Reggio

9º DIA – Partida

O tour de ontem foi bastante cheio, por isso aconselho partida hoje para Lamezia (aeroporto) ou para o aeroporto de Reggio ou para a estação ferroviária e prosseguimento da nossa viagem por essa terra única e encantada!!

Sila. testo e fotografie di Giuseppe Intrieri. Fonte: http://www.nationalgeographic.it
Sila. testo e fotografie di Giuseppe Intrieri. Fonte: http://www.nationalgeographic.it
A NOSSA MATÉRIA ESTÁ NA REVISTA MALA PARA DOIS DE JULHO!!

Bem, quero terminar essa matéria definindo a Calábria como a ponta da bota (Itália é conhecida geograficamente pela forma de uma bota), mas principalmente como trampolim para a Sicília, uma das regiões mais visitadas da Itália e também a nossa meta do próximo mês!!

E boa viagem!!!

Veja a revista de Agosto aqui!

 Até o proximo post!! “

Visite o site do nosso parceiro e siga todas as matérias das revistas ( você poderá abaixar gratuitamente) que são super especiais!!

E bom passeio!!


MINHA SUPER DICA: Para fecharmos esse post é com imenso orgulho e prazer que quero apresentar a vocês o nosso e-book! Escrito e organizado por mim, é seu guia definitivo (e imperdivel) para viajar para a Calábria com toda tranquilidade que você merece. Estar em um país distante não é fácil, por isso, com esse e-book, sua viagem vai ficar muito mais serena! Nele você encontrará dicas, sugestões, idéias, melhores lugares para comer, se divertir,  itinerários e muito mais! Clique no banner e compre o seu e-book agora mesmo! Somente 4,99 euros! (menos de um café da manhã em um bar na Itália, imperdivel, verdade?)

Capa e-book Viajando para a Calábria
QUER VIAJAR PARA A CALÁBRIA? Receba todas as dicas que você precisa para curtir ao máximo sua viagem! 117 páginas de informações de quem conhece a Calábria como ninguém! Somente 4,99 euros.!

 

 

 


Não deixe de ler:

Como Chegar e como se locomover na Calabria?


Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Calabria

Seguro Viagem Para Italia Viajando Para Italia Aluguel de Carro na Italia Viajando Para Italia Onde Ficar na Italia Viajando Para Italia
O Seguro Viagem é obrigatório e mais barato do que você imagina. Ainda mais com nosso bônus. Quer viajar pela Itália de carro mas não sabe onde alugar um? Nós temos a solução para seu problema. Garanta sua hospedagem em site confiável e renomado, sem sustos em sua viagem.

 

Mala Levar Vinho da Italia para Brasil Viajando para Italia Consultoria Para Viagem Para Italia Viajando para Italia
Passeios em Grupo em toda a Itália e com Compra de Bilhetes antecipada economizando tempo e dinheiro. Que tal uma mala para você levar os melhores vinhos italianos para sua casa no Brasil? Conheça mais essa facilidade. A sua Viagem dos Sonhos para a Itália pede um serviço diferenciado, com excelência e dentro do seu orçamento.

Os Melhores Conteúdos do Viajando Para Calabria

  1. Conheça todos os nossos passeios na Calábria agora mesmo!
  2. Itinerário na Calábria de 3 dias?
  3. Itinerário na Calábria de 6 dias?
  4. Itinererário de enogastronomia na Calábria! Sensacional!
  5. Quais são os 10 lugares que você precisa conhecer na Calábria?
  6. Bate e volta a partir de Cosenza? O que fazer perto de Cosenza?
  7. Bate e volta a partir de Reggio? O que fazer perto de Reggio Calabria?
  8. Por que visitar Tropéia na Calabria?
  9. Vamos conhecer Réggio?
  10. Vamos conhecer Cosença?
  11. Qual é o melhor periodo para viajar para Calábria?
  12. Viajando de carro na Calábria. Veja agora esse fantástico post!
  13. Conhecendo os burgos mais belos da Calábria. Veja agora!
  14. Turismo na Calabria. Veja agora!
  15. Os 9 burgos mais belos da Calábria. Veja agora!
  16. Quais são as 10 praias imperdiveis da Calábria?
  17. Como encontrar os parentes calabreses?

Veja todos os nossos posts sobre a Calábria!

Grande abraço da Calábria

Ana Patricia

 Santa Severina

“Influências bizantinas e normandas em uma das cidadelas turísticas mais interessantes da Calábria.”

Em 2015 em um concurso promovido pelo famoso programa turistico Kilimangiaro ficou em 3° lugar entre os mais lindos vilarejos de toda Itália. Ficou curioso? 

Veja o video antes de continuar a ler o texto..

Leia tudo sobre esse vilarejo e coloque ele entre as tuas metas imperdíveis na Itália..

O vilarejo de Santa Severina, na província de Crotone, ergue-se sobre um rocha calcária que domina o vale do rio Neto, localizado na metade do caminho entre a costa do mar Jônico e o planalto verde do Sila (parque natural do Sila), oferecendo ao visitante a oportunidade de mover-se facilmente entre o mar e as montanhas.

Santa Severina2. Fotografo Roberto Arcuri
Santa Severina2. Fotografo Roberto Arcuri

Santa Severina, o “navio de pedra”. Fundado no século IX, Severina, possui um dos Castelos mais belos do sul da Itália, totalmente restaurado, revelam 1200 anos de história!!

A beleza, o charme e as tradições desta aldeia sempre atraíram o interesse dos turista, tanto que hoje Santa Severina é considerada um dos burgos/vilarejos mais lindos da Itália, ele está na lista da Associação “I borghi piú belli di Italia”, essa é somente a primeira razão para conhece-lo!

 


CURIOSIDADES: VOCÊ SABIA QUE EM 2017 O NEW YORK TIMES ELEGEU A CALÁBRIA COMO UM DOS 52 LUGARES IMPERDÍVEIS A SEREM VISITADOS NO MUNDO? FOI A ÚNICA REGIÃO ITALIANA ELEITA PELO NEW YORK TIMES EM 2017!E VOCÊ, VAI FICAR DE FORA?


Acredita-se ter sido fundada pelos povos antigos de Enotri, povo itálico que vivia na área antes da colonização grega, anteriormente conhecido por eles pelo nome grego de Siberene até a chegada dos bizantinos, que mudaram seu nome para Severiana, determinando o local como um importante centro, especialmente no âmbito religioso.

Santa Severina19. Fotografo Roberto Arcuri
Santa Severina19. Fotografo Roberto Arcuri
O que visitar

A catedral ao norte e o castelo normando ao sul são as duas mais importantes obras arquitetônicas do “Campo”, nome pelo qual os habitantes de Santa Severina chamam a própria praça, em função de seu uso histórico como uma campo de parada militar.

Santa Severina, um dos vilarejos mais lindos da Itália
Santa Severina, um dos vilarejos mais lindos da Itália
O Castelo de Santa Severina

O Castelo domina a esplêndida praça principal de Santa Severina e o Vale do Neto que, com suas duas torres e suas paredes poderosas, é um trabalho militar dos mais complexos e bonitos da Calábria. Sua construção é atribuída a Normanno Roberto il Guiscardo (sec. XI), e hoje o castelo abriga um museu que exibe os resultados das escavações, coleções arqueológicas e materiais provenientes de territórios vizinhos.

O Castelo de Santa Severina
Museu Diocesano

É interessante passar o tempo sobre um tesouro considerável de riqueza cultural e artística. Refiro-me ao Museu Diocesano, onde encontramos o braço de prata com uma relíquia de Santa Anastasia (padroeira do burgo), doação de Roberto Guiscardo.

 


Faça da sua viagem para Calábria uma experiência única! Conheça a Calábria comigo e viva a cultura, a gastronomia e a história local com uma brasileira que ama esse território!

O museu abriga um grande número de objetos sagrados valiosos, pinturas e esculturas em madeira. Articula-se ao redor de três temas: Lugares, Objetos e Documentos.

Santa Severina10. Fotografo Roberto Arcuri
Santa Severina10. Fotografo Roberto Arcuri

Na seção “Lugares”, são tratados os edifícios religiosos que testemunham a história do cristianismo: catacumbas, basílicas, batistérios, igrejas bizantinas, estruturas monasteriais e catedrais pós-tridentinas.

Na seção Objetos, dividida em três quartos, são apresentados objetos de culto, paramentos, insígnias episcopais, relicários e ostensórios. Na seção Documentos, são representados e explicados livros litúrgicos e textos fundamentais da catequese. O museu tem um viés puramente didático e é, portanto, uma oportunidade única de aprender através da observação direta dos artefatos uma parte interessante da história da Igreja.

Santa Severina15. Fotografo Roberto Arcuri
Santa Severina15. Fotografo Roberto Arcuri
A Catedral

O edifício religioso mais importante no centro histórico da cidade de Santa Severina, praticamente em frente ao castelo normando, é a Catedral.

Unida em um único bloco ao Batistério Bizantino, a Catedral de Santa Severina foi construída entre 1274 e 1295 a mando do bispo Ruggero di Stafanunzia e consagrada a Santa Anastasia. Depois de várias reconstruções, seguidas por terremotos e pilhagens, da antiga igreja permanece apenas a porta em arco, enquanto o resto é parte da renovação do edifício sagrado do arcebispo Carlo Berlingeri ao fim do século XVII.

Duomo de Santa Severina
Na Catedral de Santa Severina são preservadas ostensórios, cálices e vestes litúrgicas decoradas com ouro, o braço de prata com a relíquia de Santa Anastasia, doado por Roberto Guiscardo ao arcebispo da época e uma estátua da santa padroeira em prata com coroa em ouro sob o braço esquerdo è a reprodução em ouro da aldeia de Santa Severina.

Um tesouro de arte, história e culturas diferentes é preservado no Batistério de Santa Severina.

Batistério de Santa Severina

A descoberta e os primeiros estudos desse extraordinário monumento deveu-se ao grande arqueólogo Paolo Orsi, que foi o primeiro, em 1911, a observar sua importância e singularidade, sinalizando aos estudiosos da arte que era este um dos monumentos bizantinos mais significativos da Calábria.

Não há fontes confiáveis sobre a origem e o período de construção deste monumento único de uma cruz grega, mas de acordo com os resultados da restauração, a construção do Batistério provavelmente remonta aos séculos VII-VIII.

De qualquer forma, é o único monumento bizantino, ao menos na Itália, com planta circular com quatro braços salientes ao longo dos principais eixos, de modo a formar uma cruz grega que remonta o século X.

Santa Severina22. Fotografo Roberto Arcuri
Santa Severina22. Fotografo Roberto Arcuri

O Batistério é um testemunho notável do passado bizantino de Santa Severina. Apenas a Católica de Stilo oferece, na Calábria, um exemplo de monumento similar anterior a este período. O local é acessado por uma porta da Catedral, e tem uma cúpula em forma de guarda-chuva, suportado por oito colunas dos edifícios mais antigos da área. No centro há a pia batismal, enquanto oas paredes são restos de afrescos bizantinos que datam dos séculos X –XII.

Outra jóia desta cidade interessante é a Igreja de Pozzoleo, com vista para o bairro Grécia, que era o mais populoso dos seis distritos existentes na antiga cidade.

Igreja de Pozzoleo

É considerada o último esplendor da civilização bizantina na Calábria do século XII, que remonta a época normanda, mas mantendo suas formas bizantinas – lembranças de um tempo e de uma cultura que marcaram profundamente Santa Severina. De particular valor, é a cúpula acima da igreja.


VEJA AS FOTOS DA MINHA CALÁBRIA


A Igreja das Dores

Continuando nossa viagem através deste pitoresco burgo, encontramos a Igreja da era pré-normanda, com um notável altar barroco do século XVII.

Chiesa dell’Addolorata

Este edifício religioso é um dos raros exemplos de Catedral Metropolitana do mundo bizantino. Hoje, no entanto, a igreja apresenta-se em condições bastante precárias de conservação.

Depois de fazer uma viagem através de seus monumentos, recordamos que Santa Severina foi chamada de “o país de laranjas”, pelos pomares de cítricos que o cercavam, e, no mês de floração, como recordam alguns anciãos, o delicado aroma das flores visitava o centro da cidade. As laranjas representavam, no passado, a principal fonte de renda para o habitantes de Santa Severina, em função de sua alta qualidade.

Santa Severina7 Fotografo Roberto Arcuri
Santa Severina7 Fotografo Roberto Arcuri

Enfim, Santa Severina é um viagem através da história: bizantinos, normandos e aragonenses nos acompanham através dos séculos, como um livro de história a navegar através dos seus principais monumentos que nos contam justamente a história desses povos.

Pequena, pitoresca, um dos burgos mais lindos da Cálabria e da Itália!

Vale realmente a pena a visita!

Resta-nos, apenas, fornecer algumas informações de como chegar a esta encantadora “cidadela”.

Como chegar a Santa Severina

De Carro:

Auto-estrada Salerno – Reggio Calábria: saia em Sibari e, em seguida, costa 106, sentido Crotone-Reggio. Da Calábria até Isola Capo Rizzuto – é o itinerário recomendado.;

Auto-estrada Salerno – Reggio Calábria com saída de Cosenza Norte, prosseguir pela auto-estrada Sila, pelas paisagens deslumbrantes até Crotone e, em seguida, pela SS106, poucos quilômetros na direção de Reggio Calábria (2 horas de saída da auto-estrada).

Auto-estrada Salerno – Reggio Calábria: com saída de Lamezia Terme, siga as indicações rodoviárias para Catanzaro e pegue a primeira saída à direita para Catanzaro Lido e, em seguida, siga pela litorânea 106 para sair em Crotone.

Avião:

Aeroporto Crotone Sant’Anna (10 km); e dali sempre com um carro

Aeroporto di Lamezia Terme (80 km); e dali sempre com um carro

De Trem:

Estação F.F.S.S. Crotone ou Lamezia Terme, e dali sempre com um carro

Enfim, se estiver organizando uma viagem para a Calábria não deixe de colocar esse burgo no teu itinerário! Garanto que você vai adorar..!!

E bom passeio!!


MINHA SUPER DICA: Para fecharmos esse post é com imenso orgulho e prazer que quero apresentar a vocês o nosso e-book! Escrito e organizado por mim, é seu guia definitivo (e imperdivel) para viajar para a Calábria com toda tranquilidade que você merece. Estar em um país distante não é fácil, por isso, com esse e-book, sua viagem vai ficar muito mais serena! Nele você encontrará dicas, sugestões, idéias, melhores lugares para comer, se divertir,  itinerários e muito mais! Clique no banner e compre o seu e-book agora mesmo! Somente 4,99 euros! (menos de um café da manhã em um bar na Itália, imperdivel, verdade?)

Capa e-book Viajando para a Calábria
QUER VIAJAR PARA A CALÁBRIA? Receba todas as dicas que você precisa para curtir ao máximo sua viagem! 117 páginas de informações de quem conhece a Calábria como ninguém! Somente 4,99 euros.!

 


Não deixe de ler:

Como Chegar e como se locomover na Calabria?


Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Calabria

Seguro Viagem Para Italia Viajando Para Italia Aluguel de Carro na Italia Viajando Para Italia Onde Ficar na Italia Viajando Para Italia
O Seguro Viagem é obrigatório e mais barato do que você imagina. Ainda mais com nosso bônus. Quer viajar pela Itália de carro mas não sabe onde alugar um? Nós temos a solução para seu problema. Garanta sua hospedagem em site confiável e renomado, sem sustos em sua viagem.

 

Mala Levar Vinho da Italia para Brasil Viajando para Italia Consultoria Para Viagem Para Italia Viajando para Italia
Passeios em Grupo em toda a Itália e com Compra de Bilhetes antecipada economizando tempo e dinheiro. Que tal uma mala para você levar os melhores vinhos italianos para sua casa no Brasil? Conheça mais essa facilidade. A sua Viagem dos Sonhos para a Itália pede um serviço diferenciado, com excelência e dentro do seu orçamento.

Os Melhores Conteúdos do Viajando Para Calabria

  1. Conheça todos os nossos passeios na Calábria agora mesmo!
  2. Itinerário na Calábria de 3 dias?
  3. Itinerário na Calábria de 6 dias?
  4. Itinererário de enogastronomia na Calábria! Sensacional!
  5. Quais são os 10 lugares que você precisa conhecer na Calábria?
  6. Bate e volta a partir de Cosenza? O que fazer perto de Cosenza?
  7. Bate e volta a partir de Reggio? O que fazer perto de Reggio Calabria?
  8. Por que visitar Tropéia na Calabria?
  9. Vamos conhecer Réggio?
  10. Vamos conhecer Cosença?
  11. Qual é o melhor periodo para viajar para Calábria?
  12. Viajando de carro na Calábria. Veja agora esse fantástico post!
  13. Conhecendo os burgos mais belos da Calábria. Veja agora!
  14. Turismo na Calabria. Veja agora!
  15. Os 9 burgos mais belos da Calábria. Veja agora!
  16. Quais são as 10 praias imperdiveis da Calábria?
  17. Como encontrar os parentes calabreses?

Veja todos os nossos posts sobre a Calábria!

Grande abraço da Calábria

Ana Patricia

 

!!

CIVITA
“ O país entre as rochas”

Olá, continuarei os nossos posts sobre os Vilarejos/burgos mais lindos da Calábria que fazem parte da Associação: I borhi piú belli d´Italia!

Hoje falaremos de Civita!!


Veja o video antes de continuar a ler o texto


No coração do Parque Nacional do Pollino, encontramos Civita, “o país (vilarejo) entre as rochas”, assim definido em função das enormes montanhas verdes que cercam o vale, imerso em um ambiente natural sem comparação, um dos mais belos vales do Pollino.


CURIOSIDADES: VOCÊ SABIA QUE EM 2017 O NEW YORK TIMES ELEGEU A CALÁBRIA COMO UM DOS 52 LUGARES IMPERDÍVEIS A SEREM VISITADOS NO MUNDO? FOI A ÚNICA REGIÃO ITALIANA ELEITA PELO NEW YORK TIMES EM 2017!E VOCÊ, VAI FICAR DE FORA?


Civita, repousa entre um cenário vegetal tipicamente mediterrâneo de um lado e, do outro, uma emocionante paisagem caracterizada pelo Canyon Raganello, que é a porta de entrada para o Parque Nacional de Pollino.

Civita foi fundada em 1467 por famílias albanesas sobre as ruínas de uma aldeia pré-existente, incendiada pelos sarracenos da Sicília em 1014, feito para a entrega das ruínas de “Coisa, Casa e Feudo” em propriedade perpétua, do rei Ferrante d’Aragona, assim como feito por Giorgio Greco “Scanderberg”.

Civitá: Fonte Agora Ristorante em Civita
Civitá: Fonte Agora Ristorante em Civita

Em Civita, ou Cisto, como é normalmente chamada, ainda é falada fluentemente a língua albanesa de seus ancestrais. Na verdade, seus habitantes fazem parte da minoria étnica e linguística albanesa da Itália, reconhecida e protegida pelo Estado italiano.


CIVITA FAZ PARTE DA ASSOCIAÇÃO I BORGHI PIÚ BELLI D´ITALIA!!!


A cidade de Civita foi um dos primeiros lugares a estabelecer o tratado linguístico (dado pela Lei 482/99) para proteção e desenvolvimento de seu patrimônio etno-linguístico. A característica é mais evidente nas celebrações eclesiásticas orientais, os “Arbëreshë” oficializam, por tradição e fé milenar, as funções litúrgicas bizantinas em grego e mantém a simbologia cristã oriental com antigos gestos e cânticos em grego e em albanês, com paramentos ortodoxos, ícones sacros, mosaicos e iconostásios.


Faça da sua viagem para Calábria uma experiência única! Conheça a Calábria comigo e viva a cultura, a gastronomia e a história local com uma brasileira que ama esse território!


AS PRINCIPAIS ATRAÇÕES DE CIVITA

Uma das principais atrações do lugar que é visitado anualmente por milhares de turístas é o caminho da “ponte do diabo” e do cruzamento das gargantas Raganello. Também chamado de país da “ponte do diabo”, suas paisagens são cotadas entre as mais belas da Calábria, com sua ponte construída para unir as duas paredes que caem direto no rio Raganello, que leva o nome do vale, hoje é um dos destinos turísticos mais relevantes.

Ponte-del-diavolo Fonte Agora Ristorazione em Civita
Ponte-del-diavolo Fonte Agora Ristorazione em Civita

A rota desce o vale de Raganello até chegar a um antigo moinho, que está localizado logo atrás de uma antiga estrada que atravessa sobre o torrente impetuoso com a misteriosa Ponte do Diabo. Um antigo caminho rodeado na mata mediterrânea, feito de cores e aromas, sempre conhecidos pelos homens no folclore local. Depois de 600 passos, chega-se na lendária Ponte do Diabo, de onde pode-se descer ao leito do rio.


VEJA O VIDEO DE CIVITA


Esses caminhos representam um espetáculo da natureza, onde encontramos magníficas paisagens, formas moldados pela água e paisagens surpreendentes que permitem-nos descobrir cabras selvagens que pastam nas paredes rochosas verticais do Canyon Raganello.

Para os entusiastas de caminhadas naturais, e também para aqueles que querem passar um dia inteiro em contato com a natureza e viver uma experiência emocionante, é obrigatória a ida aos desfiladeiros do Raganello, por que oferecem um cenário encantador, onde você pode praticar até mesmo esportes radicais, como canyoning e rafting.


VEJA MAIS FOTOS DESSE MARAVILHOSO VILAREJO NO CORAÇÃO DA CALÁBRIA     


O desfiladeiro começa próximo à fonte Lamia e termina após percorrer 13km nas vizinhanças da Ponte do Diabo. É uma obra da natureza que vale a pena ser vista, desenvolvendo-se entre as montanhas que parecem estar em algum jogo de equilíbrio entre as cores e cheiros que a Mãe Natureza mantém intacta nesta parte da Calábria.

CivitaO ambiente oferece um cenário encantador, especialmente onde é observada a ação corrosiva da água, que já gravou obras estupendas em pedra. É esta eroção que criou as falésias e sua verticalidade. Existem muitos obstáculos a superar; pedras escorregadias encravadas entre as águas geladas e cachoeiras, lagoas pequenas, pequenas paredes a serem escaladas e passagem mais largas e alternam-se com passagens estreitas, quase escuras, iluminadas por uma fina lâmina de luz que entra a partir de cima, enquanto  galhos de árvores movimentam-se ocasionalmente, animando a cena, criando vislumbres de beleza quase mágica. Por este aspecto radical e nada simples do itinerário, a rota precisa de equipamento adequado para que seja realizada a travessia.

Fonte Touring Club
Fonte Touring Club

Assim que você chega em Civita, não há como não se impressionar com a “Timpa del Demonio”, ou Pedra do Demônio, uma parede rochosa de 800 metros, que se opõe à vista daqueles que estão no local e queiram olhar para o Nordeste. O locais nem mesmo a notam, mas a enorme massa rochosa é a primeira coisa a chamar a atenção de turista e visitantes.
Antes de apreciarem as famosas “chaminés” da Civita, os olhos do visitante precisam saber que o melhor ponto de observação desta pedra gigantesca é o mirante perto da Igreja Mater, de onde é possível observar as camadas de pedras branca e rosa do colosso.

A face da rocha sempre está em constante movimento; as tempestades de inverno partem a cada ano novas lascas que se distinguem pela cor branca, enquanto a rocha oxidada tende a ficar cor-de-rosa com o tempo.

Arquitetura civitese: as chaminés e as casas Kodra

Andando pelas ruelas deste maravilhoso burgo, vemos as pequenas casas tipicamente antropomórficas, recentemente batizadas de Casas Kodra, em memória do artista albanês Ibrahim Kodra, que após uma visita em Civita retratou estes elementos em suas pinturas.

casette-tipiche- civitavacanze
Fonte: civitavacanze

As sete casas típicas, únicas em suas particularidades, distinguem-se das outros pela morfologia curiosa que sugerem os traços de um rosto humano – reflexo da distribuição do espaço interno nas casas.

Fonte: civitavacanze

Outro aspecto importante desta vila é a estrutura urbana caracterizada pelas ruas estreitas e suas intersecções, mas, sobretudo, pela variedade de suas chaminés, verdadeiras obras de arte. Não se sabe exatamente quando esta tendência começou, mas os “mestres” costumavam ser convidados para assinar a construção de uma nova casa com uma chaminé – sempre diferente de qualquer outra existente.

As chaminés são consideradas uma atração no burgo, feitas com a sensibilidade e a singularidade de transformar um elemento comum em uma obra de arte capaz de admirar e fascinar.

O valor atribuídos às chaminés vem da capacidade de recontar a intimidade doméstica de cada casa singularmente, tornando-se símbolos de status social – chaminés mais elaboradas e ornamentadas sobre as casas eram pertencentes a famílias nobres, enquantos outras mais simples – tanto em forma quanto em funcionalidades eram utilizadas pelos agricultores;. Há, ainda, as enriquecidas em simbologia e ritualidades. As mais características foram construídas entre o fim do século XIX e o início do século XX, embora haja algumas mais antigas.

As Igrejas de Civita

O rito grego-ortodoxo

O rito greco-bizantino da palavra, originado em Bizâncio no século IV, tem seu surgimento na Itália atribuído ao século V, durante a ocupação bizantina por Justiniano.

Os albaneses que foram à Itália praticavam o rito grego porque vinham do sul da Albânia, proveniente do centro do Épiro e da Grécia, onde era difundida uma religião de expressão grega, submissa ao Patriarca de Constantinopla.

Na praça da vila encontra-se a Igreja de S. Maria Assunta, que foi construída em meados do século XVII, e está localizada bem no centro do local. Inicialmente foi chamada de Igreja Nova, porque antes de sua construção os fiéis praticavam seu culto nas numerosas capelas presentes no vilarejo. A igreja possui uma arquitetura típica de basílicas, com decoração interna em estilo barroco tardio. Na parede frontal para quem entra, há um pequeno mosaico da Virgem Odigitria, incluso em uma medalhão do início do século XX.

Uma característica das igrejas do rito bizantino é a presença dos iconostásios – paredes divisórias nas quais são inseridas os ícones, e que separam a nave, onde os fiéis pregam, da área da abside, onde padres e diáconos celebram a Divina Liturgia no altar quadrado sobre o qual repousa a pomba com as asas estendidas, símbolo do Espírito Santo, que possui a função de tabernáculo, protegendo em seu interior um particular pão consagrado. O ícone nasceu para testemunhar o esplendor de Deus feito homem, e contém em sua língua as regras ditadas pela Igreja em toda a teologia cristã. Deus.

As outras duas igrejas são capelas de menor importância, e são a Capela de S. Antônio e a Capela da Consolação.

Os museus em Civita

Obviamente, não poderia faltar o Museu Étnico Arbëreshë, dentro do qual você pode observar objetos da cultura rural, trajes Arbëreshë, uma biblioteca sobre a etnia e uma galeria de fotos de todas as comunidades Arbëreshë da Itália com imagens da liturgia bizantina. O museu foi criado precisamente para entregar uma memória história viva sobre a etnia e sobre a tradição religiosa bizantina.


VEJA UM VIDEO DE CIVITA


O Ecomuseu da paisagem

Localizado no antigo Palácio Castellano, de propriedade do Parque Nacional do Pollino. Criado com o objetivo de salvaguardar e valorizar os centros históricos, as culturas peculiares do local e incentivar um uso compatível dos recursos disponíveis.

O Museu da Arqueologia Industrial

É um verdadeiro museu-monumento. Há máquinas utilizadas ao fim do século XIX, de fabricação alemã. Renovado pela comunidade Montana Italo-Arbëresë do Pollina, foi aberto ao público como um museu industrial

Conclusão

Fora do turismo de massa, em um território não contaminado e autêntico onde são, hoje, visíveis os sinais de que a natureza e o homem dividiram a paisagem , descobrimos Civita, uma arca do tesouro que guarda as antigas tradições do povo arbëresh.

Gentilmente aninhada nas montanhas orientais de Pollino, rodeada por uma paisagem deslumbrante que oferece-nos fabulosos cenários modelados pela natureza ao longo de milhares de anos.

Civita1As reservas de caminhos verdes e águas cristalinas que fluem do riacho Raganello, onde há os canyons maravilhosos, sítios arqueológicos onde você pode ouvir ecos distantes de uma cultura diversa, que viu sucederem-se várias vezes ao longo dos séculos, gregos, romanos, bizantinos, sarracenos e, finalmente, albaneses.

Devido à sua posição geográfica e morfologia de seu território, tem uma beleza única e irrepetível – agora destino de muitos turistas. Civita também é muito apreciada pela sua gastronomia e pelos restaurantes que apresentam uma fusão muito bem sucedida da tradição da Calábria com a tradição Arbëresh.

Venha viver Civita!!

Como Chegar em Civita?

De Carro ( absolutamente o melhor modo de visitar a Calábria!)
Auto-estrada A3 Salerno-Reggio Calábria saída Frascineto – Castrovillari, continuar por mais 7 km em direção a Civita.

Ônibus

A partir de várias cidades italianas existem ligações diretas de ônibus para a estação de ônibus de Castrovillari.

Para informações, www.simetspa.it ou www.lavallelinee.it

Aéreo

O aeroporto de Lamezia Terme www.sacal.it está ligado por ônibus até Cosenza, rotas administrados pelas linhas Romano são realizadas diariamente. E dali prosseguir com um carro.

Trem
A estações FF.SS. mais próxima é a de Sibari (para informações sobre horários: tel. 0981/892021).

De Sibari a Castrovillari há duas linhas de ônibus diárias gerenciadas pela Saj

A outra estação ferroviária é Cosenza, mais distante, mas com mais alternativas de conexão. Da estação de Cosenza, há linhas frequentes e regulares de ônibus.

Dessas estações prosseguir com um carro..

Enfim, se estiver organizando uma viagem para a Calábria não deixe de colocar esse burgo no teu itinerário! Garanto que você vai adorar..!!

E bom passeio!!


MINHA SUPER DICA: Para fecharmos esse post é com imenso orgulho e prazer que quero apresentar a vocês o nosso e-book! Escrito e organizado por mim, é seu guia definitivo (e imperdivel) para viajar para a Calábria com toda tranquilidade que você merece. Estar em um país distante não é fácil, por isso, com esse e-book, sua viagem vai ficar muito mais serena! Nele você encontrará dicas, sugestões, idéias, melhores lugares para comer, se divertir,  itinerários e muito mais! Clique no banner e compre o seu e-book agora mesmo! Somente 4,99 euros! (menos de um café da manhã em um bar na Itália, imperdivel, verdade?)

Capa e-book Viajando para a Calábria
QUER VIAJAR PARA A CALÁBRIA? Receba todas as dicas que você precisa para curtir ao máximo sua viagem! 117 páginas de informações de quem conhece a Calábria como ninguém! Somente 4,99 euros.!

 


Não deixe de ler:

Como Chegar e como se locomover na Calabria?


Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Calabria

Seguro Viagem Para Italia Viajando Para Italia Aluguel de Carro na Italia Viajando Para Italia Onde Ficar na Italia Viajando Para Italia
O Seguro Viagem é obrigatório e mais barato do que você imagina. Ainda mais com nosso bônus. Quer viajar pela Itália de carro mas não sabe onde alugar um? Nós temos a solução para seu problema. Garanta sua hospedagem em site confiável e renomado, sem sustos em sua viagem.

 

Mala Levar Vinho da Italia para Brasil Viajando para Italia Consultoria Para Viagem Para Italia Viajando para Italia
Passeios em Grupo em toda a Itália e com Compra de Bilhetes antecipada economizando tempo e dinheiro. Que tal uma mala para você levar os melhores vinhos italianos para sua casa no Brasil? Conheça mais essa facilidade. A sua Viagem dos Sonhos para a Itália pede um serviço diferenciado, com excelência e dentro do seu orçamento.

Os Melhores Conteúdos do Viajando Para Calabria

  1. Conheça todos os nossos passeios na Calábria agora mesmo!
  2. Itinerário na Calábria de 3 dias?
  3. Itinerário na Calábria de 6 dias?
  4. Itinererário de enogastronomia na Calábria! Sensacional!
  5. Quais são os 10 lugares que você precisa conhecer na Calábria?
  6. Bate e volta a partir de Cosenza? O que fazer perto de Cosenza?
  7. Bate e volta a partir de Reggio? O que fazer perto de Reggio Calabria?
  8. Por que visitar Tropéia na Calabria?
  9. Vamos conhecer Réggio?
  10. Vamos conhecer Cosença?
  11. Qual é o melhor periodo para viajar para Calábria?
  12. Viajando de carro na Calábria. Veja agora esse fantástico post!
  13. Conhecendo os burgos mais belos da Calábria. Veja agora!
  14. Turismo na Calabria. Veja agora!
  15. Os 9 burgos mais belos da Calábria. Veja agora!
  16. Quais são as 10 praias imperdiveis da Calábria?
  17. Como encontrar os parentes calabreses?

Veja todos os nossos posts sobre a Calábria!

Grande abraço da Calábria

Ana Patricia