Rossano Calabro

Conhecida também como  “Rossano, a capital Bizantina do sul da Itália”

Rossano é um centro de origem romana situado sobre uma colina às extremas mergulhias da Sila Greca. Rossano era um dos centros bizantinos da Calábria, ponto de referência para os grupos de origem grega e para os numerosos exilados sicilianos, esquivado pela ocupação árabe.


Veja o video


A cidade apresenta-se como um pitoresco aglomerado de casas sobre uma altura montanhosa toda coberta de belíssimos olivais. O desempenho religioso que Rossano teve no VIII e IX séculos é confirmado pela presença de mosteiros basilianos e numerosas igrejas e celas monásticas nos profundos valões embaixo. Rossano, de tal modo, é definida a cidade mais bizantina da Calábria e da Itália, notada por esse motivo como “Rossano, a Bizantina”.

 


CURIOSIDADES: VOCÊ SABIA QUE EM 2017 O NEW YORK TIMES ELEGEU A CALÁBRIA COMO UM DOS 52 LUGARES IMPERDÍVEIS A SEREM VISITADOS NO MUNDO? FOI A ÚNICA REGIÃO ITALIANA ELEITA PELO NEW YORK TIMES EM 2017!E VOCÊ, VAI FICAR DE FORA?


Com a presença de religiosos, inicialmente formados nas grutas escavadas sobre as laterais escocesas do margem rochosa, a pequena habitação foi transformada em um dos principais centros bizantinos da região, Rossano, já capital de distrito administrativo, é sede antiga de arcebispado (remontando ao século XI; anterior a Idade Normanda), possui monumentos notórios e há um característico centro na praça com torre comunal.

panoramica_rossano_Foto de Michele Abastante
panoramica_rossano_Foto de Michele Abastante
O que visitar em Rossano?

São tantos os monumentos que merecem interesse, de certo imperdível é o seu centro histórico, chamado de São Bernardino. Para alcançá-lo se percorre o Curso Garibaldi caracterizado por uma série de alargamentos e praças sobre as quais se fazem vista às residências do XVII e XVIII séculos de famílias nobres ou ricas. Ao início do curso se tem a pequena praça da Vitória, caracterizada por um monumento em pedaços de de Francesco Jerace, e logo após encontramos a praça Steri, na qual se eleva a alta torre cívica. Daqui se sobe até a igreja de São Bernardino de origem do XIV século. Por dentro da igreja podemos encontrar obras em madeira talhada do XVII século, dentre as quais um Crucifixo talvez de Umile da Petralìa.


VEJA O VIDEO DE ROSSANO


O CENTRO HISTÓRICO E A SUA MARAVILHOSA CATEDRAL

Da praça Steri, aos pés da torre, um caminho desce em curvas até a Catedral de origem antiga e refeita em 1330 por ordens de Roberto D’Angiò. Mesmo mantendo a construção basilical gótica-anjevina, por dentro há um aspecto constituído porque tem sido submetido a numerosas restruturações: o teto líneo em caixotões da nave central é XV, enquanto aquelas das naves laterais, talhadas e douradas, são do XVIII século. Está presente também uma pintura bizantina remontando ao IX século, que representa a Madonna dell’Achiropita, aparecido segundo a tradição, por milagre sobre o muro da igreja em construção, da qual após se foi atribuído o nome à Catedral.

Catedral de Rossano. Foto de Michele Abastante
Catedral de Rossano. Foto de Michele Abastante

No palácio do arcebispado, próximo à Catedral, foi preparado o Museu Diocesano de Rossano, acolha mobiliários, objetos e obras da arte sagrada proveniente do tesouro da Catedral e de outras igrejas da Diocese de Rossano, mas a obra mais célebre e famosa é o Codex purpureus rossanensis, que chegou ao Museu Diocesano no VI ou X século, em seguida de monges gregos.

O CODEX PURPUREUS – PATRIMÔNIO DA UNESCO

O “Codex purpureus rossanensis”, evangelho bizantino de 188 páginas ilustradas por esplêndidas miniaturas policromas, constitui um dos mais antigos e preciosos evangelhos bizantinos, remontando ao V século. O documento contém escritos em grego com carácteres em ouro e prata e quinze miniaturas que representam a vida de Cristo, com os Evangelhos de Mateus e Marcos escritos com elegantes carácteres unciais em ouro e prata sobre pergaminho bem fino de cor púrpura da dimensão de cerca 30×20 cm. O Codex purpureus rossanensis foi reconhecido pela UNESCO entre os bens excelentes do patrimônio artístico mundial em 2015, por isso é considerado uma das excelências da Calábria, e somente por esse fato já valeria a pena visitar Rossano!!!

codice-purpureo-di-rossano_patrimonio-unesco-2015 Foto de Michele Abastante
codice-purpureo-di-rossano_patrimonio-unesco-2015 Foto de Michele Abastante

Uma visita particular vai reservada a antiga abadia basiliana de Santa Maria del Patire, chamada também Patirion.

ABADIA DE SANTA MARIA DEL PATIRE

Surge sobre uma mergulhia da Sila Greca, ao início do XI século, a mais de 600 metros de acima do nível do mar, em perfeita solidão mística como um complexo monástico basiliano. Do mosteiro permanece somente poucos restos, enquanto a igreja é bem conservada.

Rossano
Rossano

Além de que lugar de culto, o mosteiro foi importante centro no qual trabalharam inconfundíveis escribas e miniaturistas de textos sagrados. Foi a mesma Virgem a querer que a abadia surgisse naquele lugar, quando apareceu a San Bartolomeo di Simari, que logo após o Mille conduzia vida eremítica entre aquelas montanhas e lhe pediu para erigir um mosteiro dedicado a ela. Esse lugar é mágico, garanto!!!!

abbazia_rossano. Foto de Michele Abastante
abbazia_rossano. Foto de Michele Abastante

San Bartolomeo obedeceu e se empenhou alegremente na construção sob a guia iluminada da Mãe Santa, a qual desde o início pretendeu que aquele fosse um lugar exclusivamente de oração e de recolhimento. Vale a pena visitar também a igreja da Panhaghìa, uma pequena construção bizantina escondida em um aglomerado de velhas casas descendo atrás da Catedral e à margem de um penhasco à extremidade sul- oriental há além disso a igreja de São Marcos Evangelista, uma das construções bizantinas mais interessantes de toda a Calábria.


Faça da sua viagem para Calábria uma experiência única! Conheça a Calábria comigo e viva a cultura, a gastronomia e a história local com uma brasileira que ama esse território!


 

Do terraço há após uma bela vista da garganta do torrete Celati: nas paredes de rocha há as entradas de numerosas grutas, um tempo refúgio de monges eremitas. Rossano além dos numerosos palácios deslocados pelo país e privatizados, no centro histórico de Rossano pode visitar muitas obras antigas remontando em particular ao gregos colonizadores.

Museu do Alcaçuz

Para quem chega em Rossano, é realmente um pecado não gostar uma hora do próprio tempo para escutar e a visitar o museu da alcaçuz da família Amarelli, que têm feito conhecer Rossano e os seus ótimos produtos em todo o mundo.

10-liquirizia-amarelli_rossano. Foto de Michele Abastante
10-liquirizia-amarelli_rossano. Foto de Michele Abastante

Emocionante descobrir a evolução dessa planta, de cujas as raízes é a parte mais preciosa e da família que se tornou um dos marcos mais conhecidos e de qualidade no mundo, mesmo em Calábria, onde muitas vezes as excelências valem menos dos fatos de crônica! Uma história na história, uma saga, aquela dos Amarelli quis fortemente a realização desse Museu com o desejo de apresentar ao público uma singular experiência empresarial e a história de um produto único estreitamente ligado ao território.

Não deixe de visitar o site do Museu: http://www.museodellaliquirizia.it/

Conclusões

Esta pequena localidade, que faz vista sobre o mar, é situado na Piana di Sibari, e em particular entre a esplêndida costa jônica e em Sila, portanto há em disposição, o Verde das colinas e o mar cristalino, unido a um clima suave, todo o ano que fazem de Rossano uma cidade rica de esplêndidos panoramas, um binário perfeito para o turista. Rossano “A Bizantina”, a sua gente, os seus becos e os seus pontos de vista entre o azul do mar e o verde da montanha me farão de certo companhia nas minhas lembranças, intensos de saberes, sabores e história.

E bom passeio!!


MINHA SUPER DICA: Para fecharmos esse post é com imenso orgulho e prazer que quero apresentar a vocês o nosso e-book! Escrito e organizado por mim, é seu guia definitivo (e imperdivel) para viajar para a Calábria com toda tranquilidade que você merece. Estar em um país distante não é fácil, por isso, com esse e-book, sua viagem vai ficar muito mais serena! Nele você encontrará dicas, sugestões, idéias, melhores lugares para comer, se divertir,  itinerários e muito mais! Clique no banner e compre o seu e-book agora mesmo! Somente 4,99 euros! (menos de um café da manhã em um bar na Itália, imperdivel, verdade?)

Capa e-book Viajando para a Calábria
QUER VIAJAR PARA A CALÁBRIA? Receba todas as dicas que você precisa para curtir ao máximo sua viagem! 117 páginas de informações de quem conhece a Calábria como ninguém! Somente 4,99 euros.!

Não deixe de ler:

Como Chegar e como se locomover na Calabria?


Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Calabria

Seguro Viagem Para Italia Viajando Para Italia Aluguel de Carro na Italia Viajando Para Italia Onde Ficar na Italia Viajando Para Italia
O Seguro Viagem é obrigatório e mais barato do que você imagina. Ainda mais com nosso bônus. Quer viajar pela Itália de carro mas não sabe onde alugar um? Nós temos a solução para seu problema. Garanta sua hospedagem em site confiável e renomado, sem sustos em sua viagem.

 

Mala Levar Vinho da Italia para Brasil Viajando para Italia Consultoria Para Viagem Para Italia Viajando para Italia
Passeios em Grupo em toda a Itália e com Compra de Bilhetes antecipada economizando tempo e dinheiro. Que tal uma mala para você levar os melhores vinhos italianos para sua casa no Brasil? Conheça mais essa facilidade. A sua Viagem dos Sonhos para a Itália pede um serviço diferenciado, com excelência e dentro do seu orçamento.

Os Melhores Conteúdos do Viajando Para Calabria

  1. Conheça todos os nossos passeios na Calábria agora mesmo!
  2. Itinerário na Calábria de 3 dias?
  3. Itinerário na Calábria de 6 dias?
  4. Itinererário de enogastronomia na Calábria! Sensacional!
  5. Quais são os 10 lugares que você precisa conhecer na Calábria?
  6. Bate e volta a partir de Cosenza? O que fazer perto de Cosenza?
  7. Bate e volta a partir de Reggio? O que fazer perto de Reggio Calabria?
  8. Por que visitar Tropéia na Calabria?
  9. Vamos conhecer Réggio?
  10. Vamos conhecer Cosença?
  11. Qual é o melhor periodo para viajar para Calábria?
  12. Viajando de carro na Calábria. Veja agora esse fantástico post!
  13. Conhecendo os burgos mais belos da Calábria. Veja agora!
  14. Turismo na Calabria. Veja agora!
  15. Os 9 burgos mais belos da Calábria. Veja agora!
  16. Quais são as 10 praias imperdiveis da Calábria?
  17. Como encontrar os parentes calabreses?

Veja todos os nossos posts sobre a Calábria!

Grande abraço da Calábria

Ana Patricia

Escrito por

Sou Ana Patricia, ítalo-brasileira, vivo há 14 anos na Itália, formada em Biblioteconomia na Universidade Estadual Londrina-UEL em Londrina-PR, em Scienze del turismo pela Universidade da Calábria, com um master em Turismo Cultural pela Fondação Garrone, parceira da Universidade de Catânia em Sicília, além de ser a única guia de turismo em língua portuguesa da Calábria, possuo também a habilitação de acompanhante turístico na Europa e sou a idealizadora/fundadora do Touristico - Consultoria Italia Brasil. Desde 2012 trabalho com a valorização e a promoção do território italiano de modo geral e desde (2015) de modo mais especifico e concreto, promovo essa região maravilhosa, mas ainda pouco conhecida pelos brasileiros: a Calábria! O nosso site dará informações sobre a Calábria turística e a Calábria menos turística e por isso mais autêntica, aquela feita pelos burgos medievais! Essa região possui muitas aldeias medievais incorporadas entre rochas, muitas vezes construídas com vista para o mar, para se proteger contra as invasões sarracenas ou em agradáveis cantos panorâmicos onde a vida ainda acontece de acordo com o ritmo de cada estação do ano. Venha conhecer a Calábria comigo!!! Essa região te surpreenderá! Ana Patricia Guia de turismo na Calábria

1 comentário

  1. Marlene Castanhari Responder

    Olá Ana patrícia, parabéns pelas informações sobre Rossano.

    A família Rapani é de Rossano, são membros da família do meu marido. Um dos candidatos a prefeitura em junho de 2016, é o Ernesto Rapani.

    Gostaria de te enviar um jornal sobre um grande acontecimento em Rossano neste mês de abril. Se tiver interesse, me informe seu e-mail.

    Um abraço

    Marlene

Deixe um comentário