Viajando para a Calábria
Encante-se com a Calábria!

Conheça o vilarejo de Santa Severina na Calábria

Em 2015 em um concurso promovido pelo famoso programa Turístico Kilimangiaro, Santa Severina ficou em 3° lugar entre os mais lindos vilarejos de toda Itália. Ficou curioso? Venha conferir aqui!

2 61

This post is also available in: English (Inglês)

Nossa Introdução

Influências bizantinas e normandas em uma das cidadelas turísticas mais interessantes da Calábria. O vilarejo de Santa Severina, na província de Crotone, ergue-se sobre um rocha calcária que domina o vale do rio Neto, localizado na metade do caminho entre a costa do mar Jônico e o planalto verde do Sila (parque natural do Sila), oferecendo ao visitante a oportunidade de mover-se facilmente entre o mar e as montanhas. Vamos ao nosso post do dia? Conheça o vilarejo de Santa Severina na Calábria. Fique com a gente e faça o melhor do país da bota! Aqui no Viajando para Calábria você realiza a viagem dos seus sonhos!!! SAIBA AQUI ONDE DORMIR NA CALÁBRIA!


Veja o vídeo antes de continuar a ler o texto e se encante com esse vilarejo!!!!


Um pouco sobre Santa Severina…

Santa Severina, o “navio de pedra”. Fundado no século IX, Severina, possui um dos Castelos mais belos do sul da Itália, totalmente restaurado, revelam 1200 anos de história!! A beleza, o charme e as tradições desta aldeia sempre atraíram o interesse dos turista, tanto que hoje Santa Severina é considerada um dos burgos/vilarejos mais lindos da Itália, ele está na lista da Associação “I borghi piú belli di Italia”, essa é somente a primeira razão para conhecê-lo!

Acredita-se ter sido fundada pelos povos antigos de Enotri, povo itálico que vivia na área antes da colonização grega, anteriormente conhecido por eles pelo nome grego de Siberene até a chegada dos bizantinos, que mudaram seu nome para Severiana, determinando o local como um importante centro, especialmente no âmbito religioso.

1) Conheça o vilarejo de Santa Severina na Calábria – VISITE O CASTELO

O Castelo de Santa Severina domina a esplêndida praça principal de Santa Severina e o Vale do Neto que, com suas duas torres e suas paredes poderosas, é um trabalho militar dos mais complexos e bonitos da Calábria. Sua construção é atribuída a Normanno Roberto il Guiscardo (sec. XI), e hoje o castelo abriga um museu que exibe os resultados das escavações, coleções arqueológicas e materiais provenientes de territórios vizinhos.

2) Conheça o vilarejo de Santa Severina na Calábria – VISITE O MUSEU DIOCESANO

É interessante passar o tempo sobre um tesouro considerável de riqueza cultural e artística. Refiro-me ao Museu Diocesano, onde encontramos o braço de prata com uma relíquia de Santa Anastasia (padroeira do burgo), doação de Roberto Guiscardo. O museu abriga um grande número de objetos sagrados valiosos, pinturas e esculturas em madeira.

Articula-se ao redor de três temas: Lugares, Objetos e Documentos.

Na seção “Lugares”, são tratados os edifícios religiosos que testemunham a história do cristianismo: catacumbas, basílicas, batistérios, igrejas bizantinas, estruturas monasteriais e catedrais pós-tridentinas. Na seção Objetos, dividida em três quartos, são apresentados objetos de culto, paramentos, insígnias episcopais, relicários e ostensórios. Na seção Documentos, são representados e explicados livros litúrgicos e textos fundamentais da catequese. O museu tem um viés puramente didático e é, portanto, uma oportunidade única de aprender através da observação direta dos artefatos uma parte interessante da história da Igreja.

3) Conheça o vilarejo de Santa Severina na Calábria – VISITE A CATEDRAL E O BATISTÉRIO

O edifício religioso mais importante no centro histórico da cidade de Santa Severina, praticamente em frente ao castelo normando. Unida em um único bloco ao Batistério Bizantino, a Catedral de Santa Severina foi construída entre 1274 e 1295 a mando do bispo Ruggero di Stafanunzia e consagrada a Santa Anastasia. Depois de várias reconstruções, seguidas por terremotos e pilhagens, da antiga igreja permanece apenas a porta em arco, enquanto o resto é parte da renovação do edifício sagrado do arcebispo Carlo Berlingeri ao fim do século XVII.

Na Catedral de Santa Severina são preservadas ostensórios, cálices e vestes litúrgicas decoradas com ouro, o braço de prata com a relíquia de Santa Anastasia, doado por Roberto Guiscardo ao arcebispo da época e uma estátua da santa padroeira em prata com coroa em ouro sob o braço esquerdo é a reprodução em ouro da aldeia de Santa Severina. Um tesouro de arte, história e culturas diferentes é preservado no Batistério de Santa Severina.

Batistério de Santa Severina

A descoberta e os primeiros estudos desse extraordinário monumento deveu-se ao grande arqueólogo Paolo Orsi, que foi o primeiro, em 1911, a observar sua importância e singularidade, sinalizando aos estudiosos da arte que era este um dos monumentos bizantinos mais significativos da Calábria. Não há fontes confiáveis sobre a origem e o período de construção deste monumento único de uma cruz grega, mas de acordo com os resultados da restauração, a construção do Batistério provavelmente remonta aos séculos VII-VIII. De qualquer forma, é o único monumento bizantino, ao menos na Itália, com planta circular com quatro braços salientes ao longo dos principais eixos, de modo a formar uma cruz grega que remonta o século X.

Testemunho Bizantino

O Batistério é um testemunho notável do passado bizantino de Santa Severina. Apenas a Católica de Stilo oferece, na Calábria, um exemplo de monumento similar anterior a este período. O local é acessado por uma porta da Catedral, e tem uma cúpula em forma de guarda-chuva, suportado por oito colunas dos edifícios mais antigos da área. No centro há a pia batismal, enquanto as paredes são restos de afrescos bizantinos que datam dos séculos X –XII.

4) Conheça o vilarejo de Santa Severina na Calábria – VISITE A IGREJA DE POZZOLEO

Outra joia desta cidade interessante é a Igreja de Pozzoleo, com vista para o bairro Grécia, que era o mais populoso dos seis distritos existentes na antiga cidade. É considerada o último esplendor da civilização bizantina na Calábria do século XII, que remonta a época normanda, mas mantendo suas formas bizantinas – lembranças de um tempo e de uma cultura que marcaram profundamente Santa Severina. De particular valor, é a cúpula acima da igreja.

5) Conheça o vilarejo de Santa Severina na Calábria – VISITE A IGREJA DAS DORES

Continuando nossa viagem através deste pitoresco burgo, encontramos a Igreja da era pré-normanda, com um notável altar barroco do século XVII. Chiesa dell’Addolorata, este edifício religioso é um dos raros exemplos de Catedral Metropolitana do mundo bizantino. Hoje, no entanto, a igreja apresenta-se em condições bastante precárias de conservação.

VIAJANDO PARA A CALABRIA - Guia de ViagensQUER VIAJAR PARA A CALÁBRIA?

Receba todas as dicas que você ´precisa para curtir ao máximo sua viagem!
São 117 páginas de informações de quem conhece a Calábria como ninguém. Apenas 4,99 euros - aproveite! 


BAIXAR MINHA CÓPIA DO GUIA!


Conheça nossos outros Guias de Viagem

Ver lista completa

Como chegar a Santa Severina?


1) Como chegar a Santa Severina? DE AVIÃO

Leia também nossos posts sobre Aeroportos na Itália no meu outro blog (Viajando para Itália):

2) Como chegar a Santa Severina? DE TREM

Estação F.F.S.S. Crotone ou Lamezia Terme, e dali sempre com um carro. Você sabia? Que a Trenitalia é a principal sociedade italiana destinada à gestão do transporte ferroviário. Saiba aqui Qual é a diferença dos trens na Itália?. Compre sua passagem online com antecedência e economize muito, leia o Post Como comprar uma passagem de trem na Itália?

3) Como chegar a Santa Severina? DE CARRO

  • Auto-estrada Salerno – Reggio Calábria: saia em Sibari e, em seguida, costa 106, sentido Crotone-Reggio. Da Calábria até Isola Capo Rizzuto – é o itinerário recomendado.;
  • Auto-estrada Salerno – Reggio Calábria: com saída de Cosenza Norte, prosseguir pela auto-estrada Sila, pelas paisagens deslumbrantes até Crotone e, em seguida, pela SS106, poucos quilômetros na direção de Reggio Calábria (2 horas de saída da auto-estrada).
  • Auto-estrada Salerno – Reggio Calábria: com saída de Lamezia Terme, siga as indicações rodoviárias para Catanzaro e pegue a primeira saída à direita para Catanzaro Lido e, em seguida, siga pela litorânea 106 para sair em Crotone.

Leia também VIAJANDO DE CARRO NA ITÁLIA: EXEMPLOS DE ROTEIROSSe for alugar um carro não deixe de ler nossos posts na seção Dirigindo na Itália no blog Viajando para Itália. Além de dicas de roteiro de carro, temos tudo sobre sinalizações, pedágios, estradas e muitos mais dicas.

Vai viajar pela Itália de carro?

Não sabe onde alugar o carro? Nós temos um parceiro que pode te ajudar: Rent Cars! Já pensou em alugar um carro na Itália, sem sair de casa, com atendimento em português, pagando em Real, sem cobrança de IOF e ainda poder parcelar em 12x sem juros no cartão? E que tal um desconto de 5% para pagamento à vista? Gostou da ideia? Então clique no banner abaixo Pesquise, compare e escolha! : )

Importante Saber

Se for dirigir na Itália é imprescindível a carteira internacional ou a sua CNH do Brasil com tradução juramentada, O.K.? Se não possuir, não dirija, pois você terá muitos problemas caso seja parado pela polícia italiana! LEIA O POST PRECISO DE CARTEIRA INTERNACIONAL PARA DIRIGIR NA ITÁLIA (PID)?


Assista esse vídeo e saiba: Como funciona o pedágio na prática na Itália? Se inscreva em nosso canal e receba mais vídeos com informações e dicas sobre a Itália. Não se esqueça de deixar aquele Like;)



Conclusão

Conheça o vilarejo de Santa Severina na Calábria. Depois de fazer uma viagem através de seus monumentos, recordamos que Santa Severina foi chamada de “o país de laranjas”, pelos pomares de cítricos que o cercavam, e, no mês de floração, como recordam alguns anciãos, o delicado aroma das flores visitava o centro da cidade. As laranjas representavam, no passado, a principal fonte de renda para o habitantes de Santa Severina, em função de sua alta qualidade.

Enfim, Santa Severina é um viagem através da história: bizantinos, normandos e aragonenses nos acompanham através dos séculos, como um livro de história a navegar através dos seus principais monumentos que nos contam justamente a história desses povos. Pequena, pitoresca, um dos burgos mais lindos da Calábria e da Itália! Vale realmente a pena a visita!



Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália



Os melhores conteúdos do Viajando para a Itália!


Conheça todos os nossos passeios na Calábria agora mesmo!

Veja todos os nossos posts sobre a Calábria!

Grande abraço da Calábria

2 Comentários/Comments
  1. Roberto Diz / Says

    Parabens pelo blog e pelas informações contidas. Eu sou italiano, originário da Calabria e morei em Curitiba.
    Também gosto de promover minha região e conheço lugares fantasticos aqui, ainda bem se no lado Tirrenico, pois nasci em Lamezia Terme. seria bom nos conhecer, um abraço

    1. Ana Patricia Da Silva Diz / Says

      Oi Roberto, obrigada pelo teu comentário.. o blog é ainda é novo mas logo terá tantas informações para promover a nossa região para o Brasil, visto que não têm tantas informações em português da Calábria:(
      Um grande abraço
      Ana Patricia

Cancelar resposta / Cancel

Seu endereço de email não será publicado.