Viajando para a Calábria
Encante-se com a Calábria!

Conheça o único campo de girassol da Calábria em San Floro

San Floro, localizada na província de Catanzaro, é uma pequena cidade que abriga cerca de 600 pessoas. É aqui, também, que fica o único campo de girassóis da Calábria. Vamos conhecê-lo?

0 35

Nossa Introdução

Hoje vamos para um lugar muito especial na minha amada Calábria: seguimos para San Floro, uma pequena cidade, mas com uma atração imperdível: seu belíssimo campo de girassóis! Vamos passear? Fique com a gente e faça o melhor do país da bota! Aqui no Viajando para Calábria você realiza a viagem dos seus sonhos!!! SAIBA AQUI ONDE DORMIR NA CALÁBRIA!

Conheça o Campo de Girassol de San Floro…

Girassóis sempre encantam nossos olhos, não é? O amarelo contrasta perfeitamente com o miolo e com o caule, chamam nossa atenção e parecem hipnotizar os apaixonados por flores. O campo (belíssimo!) de San Floro conta com mais de 20.000 girassóis. O empresário agrícola calabrês Stefano Caccavari reviveu o cultivo orgânico de grãos milenares e criou a majestosa paisagem de San Floro. Nasce o Mulinum, que de um startup agrícola se tornou um modelo exportado para outras regiões. Stefano foi inspirado por uma visão de um grande campo de girassóis, durante uma viagem à Toscana. Assim, em um hectare e meio de terreno, ele decidiu mudar a paisagem de San Floro. Leia aqui Dez Lugares para você conhecer na Calábria!

Informações Úteis sobre o Campo de Girassol de San Floro…

O acesso ao campo não fica aberto o ano todo, é aconselhável a enviar um e-mail para o local para saber sobre dias e horários de abertura do campo, para saber se é possível visitar durante o período em que você estiver em San Floro. O melhor período para visitar o local é na alta temporada, entre julho e agosto, que é o auge dos girassóis e, geralmente, os campos ficam abertos ao público (podendo ser cobrado um valor ao visitante que pode variar de acordo com a decisão dos administradores do local).

Nota

  • Há eventos programados para Julho, mas é necessário estar ligado na programação do local. Uma boa opção é segui-los no Instagram, para não perder nenhuma atualização sobre a festa dos girassóis. Você pode clicar aqui!

Dica

  • Durante a alta temporada funciona ali um restaurante, o Mulinum. Como no local opera um moinho e uma pequena loja de farinhas orgânicas (abertas para clientes todos os dias, das 08h00 às 20h00 – horários sujeitos a alteração sem aviso prévio), os jantares são a base de, claro, pizza e massas como pães e outros quitutes. É necessário fazer reserva e o preço é em torno de 20 euros por pessoa. Site Oficial Mulinun, Endereço: Contrada Torre del Duca, 88021 San Floro Italia. Telefone: +39 0961 291882. Leia também  Vamos Fazer Um Tour De Enogastronomia Na Calábria?

Importante:

  • Sempre confirme a disponibilidade e horários de abertura antes de se dirigir ao local.

Curiosidades sobre o Girassol

Fique agora com a nossa seção CURIOSIDADES…

Por que o girassol ‘vira’ para o sol?

Isso acontece porque a planta capta a maior quantidade possível de energia solar para absorver mais luz e poder fabricar energia. Sua flor na verdade é um conjunto que pode conter até 2 mil microflores que ficam no círculo entre as pétalas. Quando identifica os raios solares, a auxina (hormônios vegetais) – que está presente nas células da planta – muda para a parte não iluminada das plantas, como se ‘fugisse’ da luz. Por esse motivo, a flor se gira em direção ao sol. Depois que o sol se põe, esse efeito para e o girassol volta para sua posição original. Mas esse ‘gira pra lá e pra cá’, só dura até o vegetal florescer, depois disso a planta fica sempre virada para leste.

O Girassol (Helianthus Annuus)

O girassol (Helianthus Annuus) é uma planta que floresce anualmente e faz parte da família das Asteraceae, gênero Heliantheae. É cultivada, não só por sua beleza, mas também pelo seu óleo e seus frutos comestíveis. Possui grandes flores, que vão de 30 cm podendo passar os 3 metros de altura. São plantas que vieram da América do Norte, onde era cultivada pelos povos indígenas, e, em outras culturas, o girassol era considerado o deus do Sol.

GANHE UM GUIA DE VIAGEM PARA A ITÁLIA!

Clique no botão abaixo e baixe sua cópia gratuita do Guia "Sua Viagem para a Itália".

BAIXAR MINHA CÓPIA DO GUIA!


Conheça nossos outros Guias de Viagem

Ver lista completa

Vamos conhecer a pequena e charmosa cidade de San Floro?

Ante de tudo, vamos conhecer um pouco mais sobre a pequena e charmosa cidade de San Floro. San Floro nasceu na pré-história, no período Neolítico. Alguns achados arqueológicos na região atestam que foi também uma colônia de Escolácio, da Magna Grécia.

Os colonizadores viram já, naquela época, um grande e rico potencial da área delimitada abundante e intocada vegetação, fazendo daquela zona o local ideal para a criação de gado e florestas prósperas ricas em madeira. Aqui foi também a antiga casa de fazenda de Squillace, até o final do século XV, quando foi desmembrada pela família Strivieri. Até 1599, pertenceu ao Mangione e, mais tarde, depois voltou ao Strivieri. Entre 1643 a 1711 pertenceu a Cesare Marincola di Catanzaro; mais tarde, até a subversão do feudalismo, do feudo de Girifalco sob o duque Nicola Maria Caracciolo, que utilizava o castelo (até hoje bem conservada) como sua residência de verão. Leia também Quais são os 10 agroturismos imperdíveis da Calábria?

Um pouco mais sobre San Floro…

A cidade passou por graves danos por conta de um terremoto em 1783, no qual foi destruída a antiga igreja de Santa Caterina, mas após a ordem administrativa de Championnet, foi inserida no cantão de Catanzaro e em 1807 os franceses a inseriram no governo de Squillace. Em 1811 foi atribuída ao distrito de Borgia, uma contribuição que permaneceu inalterada mesmo após a reorganização ordenada pelos Burbons em 1816.

O nome da cidade reflete a forte veneração ao seu padroeiro, San Floro Martire, que junto com seu irmão Lauro, por não ter abandonado seus ideais de fé cristã, foi preso, condenado, rebaixado a um poço e enterrado vivo. Todos os anos, no dia 18 de agosto, os habitantes da cidade homenageiam seu padroeiro com uma missa solene e a típica procissão pelas ruas da cidade.

Curiosidade…

A cidade é famosa por seus figos brancos. O processo de preparo dos figos brancos é, até hoje, artesanal e eles são secos da mesma maneira que eram secos antigamente: pelo método de secagem natural ao sol. Não à toa, San Floro é conhecida, desde 1900, como a “Terra dos Figos”.


Assista esse vídeo e saiba: Fazer uma viagem perfeita para Itália? Como funciona a consultoria da Ana Patrícia? Se inscreva em nosso canal e receba mais vídeos com informações e dicas sobre a Itália. Não se esqueça de deixar aquele Like;)



Conclusão

Conheça o único campo de girassol da Calábria em San Floro. Para quem ama girassóis, natureza e lugares calmos, San Floro é o lugar ideal. Ah, lembre-se de levar a máquina fotográfica e, agora uma dica de ouro, opte por visitar os campos em horários estratégicos, como, por exemplo, durante o pôr-do-sol: é IMPRESSIONANTE!

Se você se sentir inseguro ou não tem tempo, e precisa de ajuda para organizar sua viagem, não hesite em me procurar ! Vou adorar ajudar você a realizar sua tão sonhada viagem para a Itália. E como posso fazer isso? Continue lendo esse post até o fim e você entenderá como facilitamos a sua vida e a sua viagem:)

O meu post te ajudou? Se sim, não deixe de colocar o seu comentário abaixo, mas se ainda tem dúvida basta deixar o teu comentário abaixo que te respondo, O.K.?



Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália



Os melhores conteúdos do Viajando para a Itália!


Conheça todos os nossos passeios na Calábria agora mesmo!

Veja todos os nossos posts sobre a Calábria!

Grande abraço da Calábria

Deixe uma resposta / Leave a comment

Seu endereço de email não será publicado.