Viajando para a Calábria
Encante-se com a Calábria!

Gregos e Calábria: qual a relação?

Os gregos cumpriram um papel fundamental nas origens da Região da Calábria. Sua história se mistura à história Italiana de maneira quase intrínseca. Vamos descobrir qual a relação entre gregos e a Calábria?

0 196

Gregos e Calábria: qual a relação?

A história Calabresa e dos Gregos se mistura em suas origens, há muitos anos. Os gregos cumpriram um papel fundamental na formação deste território e até hoje é possível perceber suas influências nas cidades da Calábria. Vamos ao nosso post de hoje? Gregos e Calábria: qual a relação? Vem comigo descobrir um pouco dessa história! Aqui no Viajando para Calábria você realiza a viagem dos seus sonhos!!! SAIBA AQUI ONDE DORMIR NA CALÁBRIA!


Antes de começar, assista esse vídeo com 5 motivos para conhecer a Calábria!


Nossa introdução

Antes de iniciarmos, que tal um pouco de história e contextualização?

A Grécia tem um território montanhoso, portanto existem poucas áreas planas, favoráveis ​​à agricultura, portanto sua principal fonte de lucros era a pesca. Essa particularidade fez com que seus habitantes se estabelecessem nos vales e nas áreas mais planas. O nome primitivo desse território era, na verdade, “Helenos”, mas mais tarde os romanos os chamaram de gregos e a área que ocuparam foi, consequentemente, chamada de Grécia.

Os diferentes povos

Algo que precisamos destacar é que, dentro desse mesmo território, havia diferentes populações, que tinham características das mais diversas – algumas mais fortes em termos bélicos e com guerreiros mais preparados e outra mais focada no aspecto comercial e em outras profissões, mais ligada à arte, literatura e filosofia.

As Colônias

Conforme a Grécia crescia e aumentava sua população, é claro que se tornou imperativo começar a explorar outros lugares, que ultrapassassem as fronteiras já estabelecidas. Os gregos estavam agora convencidos de que somente a atividade comercial ofereceria a possibilidade de sair daquele estado de necessidade e pobreza, portanto começam a seguir em direção às costas da atual Calábria e Sicília.

Foi assim, com base na necessidade de sobrevivência, que começaram a surgir as colônias da Calábria.

O que são as colônias?

A colônia era uma cidade fundada pelos chamados colonos gregos, desgarrados de o Estado original, portanto este não os organizava, administrava ou organizava as novas colônias – ou seja, eram autônomas. Quase sempre, devido às características competitivas dessas potências e à resistência das populações locais, o estabelecimento da colónia dava-se através da intervenção de forças militares.

Como parte de sua autonomia, as colônias podiam ter suas próprias leis e próprios juízes e estabelecer uma nova forma de governo, mesmo que às vezes fossem, indiretamente, afetadas pelas influências políticas da Grécia.

Magna Grécia

Podemos afirmar que a colonização grega do território calabrês, e da Itália como um todo, teve início ainda no Século VII A.C.. Todo o território que compreendia de Taranto a Reggio Calabria, no lado jônico, e depois até Cuma, na Campânia, foi então chamado de Magna Grécia.

Essa denominação não significa “grande” no sentido de superior à própria Grécia, mas sim com um significado mais religioso: a Magna Grécia contava com estruturas templárias superiores às da Grécia original – podemos citar como exemplo o belíssimo Templo de Hera, em Crotone, que era um destino de peregrinação de todo o mundo grego.

1) Gregos e Calábria: qual a relação? SIBARI

Agora que você já tem uma base histórica, vamos falar sobre as colônias gregas na Calábria mais importantes? Lembrando que não são as únicas!

Começamos por Sybaris ou SíbariFundada pelos gregos por volta de 720 a.C., quando chegaram ao território nomearam os dois rios que cercam a cidade como Sybaris e Crathis, para relembrar dois rios de suas cidades de origem.

De acordo com a lenda, esses rios eram milagrosos, com capacidades curandeiras, e diziam que aquele que se banhasse no Rio Crati, seja homem, seja animal, em suas águas, saiam com o cabelo loiro, enquanto quem entrava no Rio Sibaris, assumia cabelos escuros.

As principais fontes de riqueza em Sibari eram a produção e exportação de azeite, trigo e vinho e a criação de cavalos. Cerâmicas e tecidos preciosos também foram comercializados. Era uma cidade relativamente rica e, graças às minas de prata presentes na área entre Corigliano e Longobucco, cunhou as primeiras moedas ainda na primeira metade do século VI, antes mesmo de Atenas.

Devido a guerras e conflitos, a cidade foi refundada com o nome de Thurii em 446 aC. Seu planejamento foi confiado a Hipódamo ​​de Mileto, que já havia projetado a cidade de Rodes e Pireu em Atenas.

Aliada de Atenas na guerra contra Siracusa, foi atacada pelos aliados dos siracusanos, os Lucani, em 389 aC e foi parcialmente destruída. Nesse período, foi dominada pelos romanos, quando assumiu o nome de Copia, que significa abundância, devido à prosperidade da região. Hoje, no Parque Arqueológico de Sibari, é possível ver os restos das três cidades: Sibari achea, Thurii e Thurii-Copia. Com certeza, vale sua visita!

2) Gregos e Calábria: qual a relação? CROTONE

Crotone, ou Kroton, foi fundada em 734 – 709 aC. Narra a história que Myskellos liderou a expedição ao local indicado pelo Oráculo de Delfos – inclusive, o tripé de Delfos é relatado nas primeiras moedas de Kroton.

Foi aqui que o filósofo Pitágoras de Samos fundou a escola pitagórica. Em pouco tempo, Crotone se tornou mais poderosa que Sybaris e conseguiu destruí-la em 510 aC.

A escola pitagórica teve um papel central no desenvolvimento da Colônia. Os pitagóricos defendiam o cuidado constante do corpo, que era visto como o recipiente da alma. Essa visão levou ao surgimento de academias e atletas excepcionais, como Milone di Kroton, vencedor das Olimpíadas diversas vezes.

Templos e cultos

O culto de Apolo, ligado à fundação da cidade, também era bastante forte, mas não superava o culto de Hera, a quem foi dedicado o Templo do promontório de Lacínio.

Hera também era reverenciada como a deusa padroeira dos casamentos, o que fazia com que as meninas da região doassem roupas produzidas de forma fina e elegante à Deusa. Também era a protetora dos animais e, ao redor do Templo, havia uma floresta em que viviam animais livres de todos os tipos.

As escavações realizadas por Paolo Orsi na região evidenciaram a existência de vários antigos templos e monumentos sagrados, assim como trouxe à tona vários artefatos, como a cabeça de uma divindade, um diadema de ouro e vários bronzes finos.

Se for a Crotone, não deixe de visitar…

  • 10km distantes de Crotone, ficam o Museo e o Parque Nacional de Capo Colonna, principal santuário extraurbano da colônia grega de Crotone. Clique aqui para mais informações.

Personagens importantes de Kroton

  • Milone: vencedor frequente das Olímpiadas, diz-se que, ​​vestido de Heracles, liderou os Crotoniats na vitória contra os Sibaritas.
  • Pitágoras: filósofo, originário de Samos, aqui adquiriu sua fama ao estabelecer a escola pitagórica. Morreu em Metaponto, depois de ser expulso.

3) Gregos e Calábria: qual a relação? LOCRI

Locri Epizefiri foi fundada no final do século VIII aC (Estrabão). Segundo Aristóteles, a cidade foi fundada por mulheres locresas e seus escravos, pois seus maridos estavam envolvidos em guerra, o que levou as mulheres a assumirem grande importância na Colônia.

O primeiro episódio  marcante na história de Locri foi a guerra com Kroton, que foi vencida na batalha do rio Sagra em meados do século VI aC. Os Locresi, fundadores, ajudados pelo povo de Reggio Calabria, conseguiram derrotar os krotoneses.

Em 205 aC, assumiu o posto de município romano e deu início ao seu desenvolvimento mais acelerado. Foram encontradas em seu território diversas estátuas romanas, talvez pertencentes ao fórum da cidade e à uma grande estrutura termal que agora foi restaurada e pode ser visitada.

Não deixe de visitar…

4) Gregos e Calábria: qual a relação? REGGIO CALÁBRIA

É claro que não poderíamos deixar de fora da nossa lista a esplêndida Reggio Calabria, cuja fundação remonta ao século VIII aC.

A ponta da bota não estava desabitada quando os gregos chegaram, mas povoada pelos Itali, descendentes lendários do rei Italo. Foi a segunda colônia grega no sul da Itália depois de Cuma na Campânia. Diodorus Siculus narra que, assim como Crotone, foi o Oráculo de Delfos quem indicou aos calcidianos, seus fundadores, o local para fundar a nova colônia:

Rhegion, como era chamada, foi uma das colônias gregas mais importantes graças à sua posição privilegiada. No passado, hospedoui um dos mais importantes portos do Mediterrâneo, papel agora cumprido por Gioia Tauro.

Sobre seu aspecto comercial, Reggio foi um importante centro de produção de cerâmica grega, e trabalhos em bronze e esculturas também eram destaques.

Você sabia? O nome Itália foi dado pelos gregos

Sim, é verdade! O nome Itália vem desse período tão importante!

Os gregos chamam as pessoas que aqui viviam de VITULI, ou seja, adoradores do Bezerro. Este nome foi interpretado pelos gregos com o termo Italoi. Inicialmente, chamavam assim somente a pequena parte em que habitavam, mas  estenderam o nome de Italoi ou Italikoi e depois Italia a todos os povos com os quais entraram em contato posteriormente.

Também é preciso dizer que, na verdade, o nome Itália foi atribuído pelos gregos à parte sul da península, mas somente depois que eles se estabeleceram no território da Calábria.


Assista esse vídeo em nosso Canal no YouTube e saiba mais sobre os bronzes de Riace, na Calábria!

Se inscreva em nosso canal e receba mais vídeos com informações e dicas sobre a Itália. Não se esqueça de deixar aquele Like;)

Conclusão

Gregos e Calábria: qual a relação? Como viram, tem tanta historia para ser descoberta essa região maravilhosa, sem contar suas paisagens esplêndidas e monumentos excecionais. Te convido a descobrir tudo que esse maravilhoso território tem a te oferecer!

Está inseguro para viajar?

E se você se sentir inseguro ou não tem tempo, e precisa de ajuda para organizar sua viagem, não hesite em me procurar ! Vou adorar ajudar você a realizar sua tão sonhada viagem para a Itália. E como posso fazer isso? Continue lendo esse post até o fim e você entenderá como facilitamos a sua vida e a sua viagem:)

O meu post te ajudou? Se sim, não deixe de colocar o seu comentário abaixo, mas se ainda tem dúvida basta deixar o teu comentário abaixo que te respondo, O.K.?



Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália



Os melhores conteúdos do Viajando para a Itália!


Conheça todos os nossos passeios na Calábria agora mesmo!

Veja todos os nossos posts sobre a Calábria!

Grande abraço da Calábria

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.